CARTAS

Orquestra

Sobre a matéria publicada na “Seção Circuito”, edição do dia 20/10/2019 deste jornal, o maestro Lelis Gerson salientou vários pontos referentes à Associação Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes, projeto que se iniciou em 2001.

Nesse momento em que perdemos o ilustre historiador e professor Jurandyr Ferraz de Campos, destaca-se entre muitos de seus feitos ser grande incentivador e primeira pessoa a assinar a ata de fundação da Orquestra.

Gostaria de deixar registrado mais essa ação do professor Jurandyr, porque temos plena consciência de que os homens são desmemoriados e se esquecem rapidamente daqueles que contribuíram para a melhoria e qualidade de vida de nossa sociedade.

Luiz Carlos dos Santos

Presidente fundador da Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes

Pedágio

Parabéns a todos os mogianos que estão se mobilizando para tentar evitar que o governo estadual implante um pedágio na altura do Km 45 da ligação rodoviária Mogi das Cruzes-Via Dutra.

Não é admissível que uma praça de arrecadação divida a cidade ao meio, isolando moradores do Aruã, bairros da Divisa, além do Taboão e Itapeti.

Realmente, não dá para entender que isso esteja acontecendo.

Será que não há alguém com um pouco de sensibilidade no governo estadual para ver que isso é um grande absurdo? Ou será que acham que os moradores e eleitores de Mogi são trouxas.

Eles que ponham o pedágio e esperem o resultado nas urnas.

Mariana de Castro Fernandes

macafe.2000@gmail.com

Deixe seu comentário