Para não esquecer

Sim! Era o União quem deveria estar nas semifinais do Paulista da Série A-1 deste ano, contra o Corinthians. Não fosse a falta de apoio de todos os cartolas, políticos e “guerra de egos”, Venílton Montini poderia estar até hoje no comando ou entre os dirigentes do alvirrubro. Após a “brigaiada” entre 2006 e 2007, o então gerente do Glorioso deixou a Vila da Prata e voltou para Osasco, onde ajudou a fundar e montar o Grêmio Osasco – clube registrado na FPF em dezembro de 2007. Ao contrário do Alto Tietê, lá o ex-zagueiro unionista teve carta branca para iniciar o projeto de colocar time na principal divisão do Estado de São Paulo. Deu no que deu. E o Glorioso…

Para não esquecer 2
Curiosamente, o primeiro técnico do Grêmio Osasco foi Toninho Moura – campeão pelo União no Paulista da Segunda Divisão de 2006. Dois anos depois, ele comemorou novo acesso, colocando o hoje Audax no Paulista da Série A-3 de 2009.

Com a bola toda
Quem diria. Sidão, atual goleiro do Grêmio Osasco/Audax, era reserva no Glorioso que disputou o Paulista da Série A-3 de 2008. O titular era Felipe, que este ano ficou mais famoso ao praticar milagre defendendo o América do Rio frente ao Fluminense. Mas voltando a Sidão, ele se destacou contra o São Paulo nas quartas de final do Paulista e agora encara o Corinthians nas semifinais.

Relógio
O União pode entrar no caderninho da Justiça Desportiva logo na estreia do Paulista da Segunda Divisão. O time de PH Lamounier atrasou oito minutos na primeira etapa e dois minutos no segundo tempo, atrasando o início e o reinício da partida frente ao Manthiqueira, no último sábado. Está na súmula do duelo. O Glorioso infringiu o artigo 30 (capítulo 5, parágrafo segundo) do Regulamento Geral das Competições da Federação Paulista de Futebol (FPF). Presidente Senerito deve ser agraciado com uma multa administrativa.

Relógio2
O Atlético Mogi cometeu a mesma falha e atrasou em dois minutos o início do segundo tempo do jogo frente ao Mauaense, no último sábado. Mas fez pior. O jogo começou com atraso de 25 minutos porque o árbitro aguardou a chegada do desfibrilador e do médico da equipe visitante. Tá na súmula. Entra ano, sai ano…

Futuro
A direção do Clube Náutico Mogiano realiza o 3º Festival Interno “Nadando para a Vida”, no próximo dia 30. Mais de 350 crianças devem cair na água, a partir das 9 horas, na piscina de 25 metros (semiolímpica) do complexo aquático do Clube do Patinho, lá no Mogilar. Com a modalidade nado livre, a garotada nadará 50 metros em categorias divididas por sexo e idades – dos dois aos 16 anos.


Deixe seu comentário