GREVE NACIONAL

Paralisação é parcial em escolas públicas de Mogi

Escolas, como a Etec Presidente Vargas, estão funcionando normalmente. (Foto: arquivo)

Professores de escolas públicas aderiram à greve geral no período da manhã, com a paralisação parcial de unidades como Cid Boucault, em Jundiapeba, Maria Rodrigues Gonçalves, no Rodeio, e Sebastião de Castro, em César de Souza. Uma avaliação do movimento será feita ainda no final da manha, pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial, Apeoesp. Segundo a professora Inês Paz, a expectativa é de adesão de até 70% dos professores.

Um manifesto será realizado às 10 horas, no Largo do Rosário. A greve geral foi marcada em março passado pelas centrais sindicais contra o corte de verbas na educação e a reforma da Previdência.

O Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes irá realizar manifestações em frente às agências a partir das 11 horas, mas ainda não há uma confirmação de que haverá a suspensão do atendimento bancário hoje. Ontem, a informaçaão era de que as agências iniciariam o atendimento às 13 horas.

Normal

O funcionamento das linhas de ônibus municipais e do transporte ferroviário está normal em Mogi das Cruzes e Região, desde as primeiras horas de hoje. As linhas de ônibus intermunicipais operam dentro da normalidade, mas podem ser registrados atrasos por causa das manifestações em São Paulo, onde avenidas estão fechadas por manifestantes.
Algumas linhas do Metrô que estavam paradas no início da manhã, já começam a circular na Capital.