VOLTA ÀS AULAS

Parte das escolas de Mogi inicia ano letivo nesta segunda-feira

As férias de parte dos jovens de Mogi das Cruzes terminam na segunda-feira. Algumas escolas particulares, como os colégios Objetivo e Brasilis, iniciam o ano eletivo neste dia, assim como o Serviço Social da Indústria (SESI). Este vai ser o primeiro ano a ser iniciado na nova unidade da instituição, que foi inaugurada em meados de 2019. No total, 1.524 alunos estão matriculados, distribuídos nas unidades da Vila Natal e Braz Cubas.

Cada escola conta com duas turmas de cada ano de escolaridade dos ensinos Fundamental (1º ao 9º ano) e Médio (1º ao 3º ano), com cerca de 32 alunos em cada turma. O ano letivo para as unidades do SESI começa oficialmente no Saber em Ação, semana formativa em que os membros da rede escolar se dedicam a pensar e a debater sobre todas as questões que refletem no processo de ensino e aprendizagem dos alunos.

Na rede estadual, que tem o início das aulas previsto para o dia 3 de fevereiro, 34,6 mil alunos estão matriculados. Os estudantes que possuem interesse em ingressar na rede estadual podem fazer a inscrição em qualquer escola pública, tanto municipal quanto estadual, ou, ainda, nos Postos do Poupatempo, munidos de RG ou certidão de nascimento e comprovante de endereço.

Em caso de menores de 18 anos, a inscrição deve ser feita por um responsável. Já quem pretende solicitar transferência entre escolas dentro da rede, os pedidos poderão ser feitos a partir do primeiro dia letivo. Nas escolas municipais, que até o momento têm 47.032 alunos inscritos, o ano letivo terá início no dia 4 do próximo mês.

Atribuição

Na quinta-feira os professores da cidade enfrentaram problemas na atribuição de aulas do Estado. A situação teria ocorrido por conta de erros na pontuação e no cadastro dos docentes, que teriam sido resolvidos manualmente pela Diretoria de Ensino.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) informou que não houve nenhuma alteração nos procedimentos e regras para atribuição dos professores temporários em 2020. E que a atribuição de aulas dos professores concursados já foi realizada em toda a rede estadual.

Quanto aos docentes da categoria ‘O’, afirmou que devido à grande quantidade de demanda, o prazo para atribuição foi prorrogado até a próxima segunda-feira. Quanto aos recursos solicitados, cada caso será avaliado individualmente e havendo necessidade, as atribuições ainda poderão ser feitas, também na próxima segunda.


Deixe seu comentário