ANDRÉ MARTINEZ

Pelé e o Corinthians

Pelé, em 50 jogos contra o Corinthians, anotou a incrível marca de 51 gols, ou seja, uma média de 1,02 gols por partida. A primeira vez que enfrentou o Corinthians, foi em 11 de abril de 1957, em um amistoso disputado na Vila Belmiro, com o Santos vencendo por 5 a 3. Pelé ainda menino, marcou o quarto gol santista aos 19 minutos do segundo tempo. Os anos se passavam e Pelé fazia do Santos o maior time do mundo, e do Corinthians seu principal alvo.

No início de carreira, Pelé supostamente chegou a ser oferecido pelo presidente do Santos, Athié Jorge Coury (ex–goleiro do Santos nos anos 20), para o político Jânio Quadros levá–lo ao Corinthians para treinar. O candidato da vassourinha não se interessou e se aceitasse a proposta de Athié, o Timão teria sofrido 51 gols a menos em sua história, sendo bem menos pisoteado pelo Rei.

Muitas histórias em torno de Pelé contra o Corinthians surgiram, uma delas dava conta do amistoso de despedida da Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo de 1958, na Suécia.

A partida aconteceu no dia 21 de maio de 1958 no estádio do Pacaembu. O Brasil goleou o Timão por 5 a 0, mas Pelé acabou sofrendo uma dura entrada do zagueiro corintiano Ari Clemente, que o tirou do jogo e até mesmo das duas primeiras partidas do Brasil na Copa, o que irritou demais o Rei.

Pelé, com isso, teria afirmado no vestiário que enquanto jogasse, o Corinthians jamais seria campeão. Verdade ou mentira, a “praga” de Pelé deu resultado, pois o Corinthians só voltou a ser campeão no dia 13 de outubro de 1977, ou seja, doze dias após a sua despedida dos gramados, em 01 de outubro de 1977, quando o Rei se despediu do futebol, no New York Cosmos dos Estados Unidos.

Muito da fila enfrentada pelo Corinthians se deve a Pelé. Se não bastasse o jejum incômodo e interminável de títulos, o Timão também amargou um tabu de onze anos sem vitórias contra o Santos de Pelé pelo Campeonato Paulista, só quebrado em 1968.

O mal em forma de jogador não poderia ser eterno, e felizmente para a Fiel torcida, no dia 29 de setembro de 1974, Pelé atuou pela última vez contra o Corinthians.

A partida disputada no Pacaembu pelo Campeonato Paulista, acabou vencida pelo Corinthians por 1 a 0, gol de Rivelino, o Pelé branco do Parque São Jorge. O Santos com Pelé venceu quase todas contra o Corinthians, mas na última partida, o Timão fez questão de carimbar o passaporte do Rei para os Estados Unidos, com a vitória.

algmartinez@bol.com.br
www.andremartinez.com.br