CARTAS

Perigo na estrada

Aquilo que num passado pouco distante chegou a ser quase rotina nas rodovias de maior movimento, parece estar de volta, no trecho da Rodovia Ayrton Senna da Silva que corta a saída de São Paulo e as proximidades de Itaquaquecetuba, na zona Leste da Capital.

Trata-se da estratégia adotada por marginais que, do alto de viadutos ou das margens da rodovia, atiram pedras de grande porte sobre os veículos para obrigá-los a parar na pista. E quando isso acontece, os motoristas são assaltados pelos comparsas desses bandidos.

Outra estratégia, semelhante à que foi vítima um ator global Gerson Brenner, na altura de Guararema, é a de se espalhar pedras na pista para furar os pneus dos carros ou simplesmente obrigar o motorista a parar para remover os obstáculo. Ao parar o carrro, o condutor e seus ocupantes são assaltados.

É preciso cuidado redobrado. E evitar parar o veículo. O negócio é seguir em frente até o próximo posto de guardas ou lanchonetes, infelizmente não tão fáceis nas vias concessionadas.

Gervásio Bento de Sousa

gebe2000@gmail.com


Deixe seu comentário