CARTAS

Perimetral

Dizem que quando a avenida Perimetral foi construída, sobraram algumas curvas nas proximidades do Kosmos Clube por conta da falta de dinheiro para desapropriações ou, segundo as más línguas, em razão da amizade do mandatário político da época com o proprietário da área a ser cortada pela via. O certo é que, por um ou outro motivo, as curvas lá continuam, transformando-se num evidente perigo para os motoristas que por ali transitam. Acidentes já aconteceram e outros poderão vir a ocorrer. Seria interessante que , algumas décadas mais tarde, as curvas fossem eliminadas para dar mais segurança ao movimentado trecho da avenida, construída para retirar do centro da cidade o trânsito a caminho da rodovia Mogi-Bertioga.

Seria muito importante que isso viesse a ocorrer.

Clóvis Bertazzi Mondiglione

cbm.1950@gmail.com

Rio em ruínas

A grande tragédia do Rio de Janeiro não é a violência nem os temporais. A grande tragédia, o inimigo público número um do Rio, chama-se Marcelo Crivella. Uma nulidade a toda prova como administrador. Em pouco mais de dois anos, logrou a marca de ser o pior prefeito que já passou pela cidade. Sou de opinião de que deveria ser exigido, doravante, para os ocupantes do cargo de prefeito, pelo menos um curso básico de administração. O Rio está se desmanchando a olhos vistos em suas mãos. Sua saída é urgente

Marcelo de Lima Araújo

marcelodelimaaraujo@yahoo.com.br