ELEIÇÕES

Pesquisa aponta Marcus Melo na frente para a Prefeitura de Mogi

Melo, Cunha, Valverde e Lintz são os melhores colocados na pesquisa. (Foto: Reprodução/O Diário)

Com 30,4% das intenções de voto, o prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB) lidera a corrida para a Prefeitura de Mogi das Cruzes, conforme mostra o levantamento estimulado feito pela FLS Pesquisa e Marketing para O Diário de Mogi. Logo atrás aparecem o vereador Caio Cunha (PODE), com 10,3%, o vereador Rodrigo Valverde (PT) e o estudante de Direito, Felipe Lintz (PRTB), empatados com 6% das intenções de votos cada um. Na sequência estão Miguel Bombeiro (PMN), com 2,7%; o advogado Fred Costa (PDT), com 0,7%; e o também advogado Michael Della Torre (PTC), com 0,5% das intenções de votos.

Entre os entrevistados, 18,1% disseram que não votariam em qualquer dos nomes apresentados, enquanto 14,3% afirmaram que votariam em branco ou anulariam o seu voto. Outros 11% dos eleitores garantiram que não sabem em quem irão votar em novembro próximo.

A partir das avaliações obtidas com a pesquisa estimulada, a FLS Pesquisa e Marketing também calculou como ficariam os índices de intenção de votos nos candidatos apresentados, caso fosse levada em consideração apenas os votos válidos. Quando é feito este cálculo, há uma elevação natural nos percentuais de todos os concorrentes. Conforme os cálculos, Marcus Melo passaria a ter 53,8%, enquanto Caio Cunha também subiria para 18,2%, Rodrigo Valverde e Felipe Lintz ficariam com 10,6% das intenções de voto cada um. Miguel Bombeiro atingiria 4,7%, Fred Costa alcançaria 1,2%, enquanto Michael Della Torre chegaria a 0,9% das intenções de votos válidos.

A consulta eleitoral da FLS Pesquisa e Marketing, foi realizada entre os dias 6 e 7 deste mês, junto a 601 eleitores da cidade e registrada pela Justiça Eleitoral, sob o número 00949/2020. A consulta apresenta uma margem de erro de 4% e um intervalo de confiança de 95,5%.

Espontânea

O prefeito Marcus Melo também lidera a pesquisa espontânea, aquela em que o eleitor é simplesmente indagado em quem votaria para prefeito, se a eleição estivesse ocorrendo naquele dia, sem qualquer outro tipo de estímulo. O prefeito obteve 18% das intenções de voto, seguido de Felipe Lintz, com 4,3; Caio Cunha, com 3,8%; Rodrigo Valverde (2,8%) e o deputado federal Marco Bertaiolli (PSD), com 2,3%. Foram citados ainda: Miguel Bombeiro (0,8%) e Iduigues Martins, do PT (0,3%). Com 0,2% das intenções de votos cada um apareceram também Fred Costa, Berti, Clodoaldo, Juliano Botelho, Marcelo e Yuri. A grande maioria dos entrevistados, no entanto, não soube dizer em quem irão votar, na pesquisa espontânea: 66,6%.

Avaliação da atual gestão

A pesquisa também procurou saber junto ao eleitorado a avaliação que os mogianos fazem do atual governo do prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo.

Questionados pela FLS Pesquisa e Marketing se aprovavam ou não a atual administração municipal, 48,1% dos entrevistados disseram que aprovam e 38,1% que desaprovam. Outros 13,8% não souberam responder.

A pesquisa também perguntou aos eleitores entrevistados que avaliação eles faziam do governo do atual prefeito.

Para 33,9%, a administração é regular, enquanto 27,8% a consideram boa. Para 9,5%, é ótima.

Outros 14% classificam a administração de Melo ruim e 9,3% péssima. Já 5,5% dos entrevistados não souberam responder.

Questionados a respeito da construção da Maternidade Municipal, que o prefeito Marcus Melo está realizando, no distrito de Braz Cubas, 52,9% dos entrevistados aprovam a obra e 10,1% desaprovam. Outros 18,6% acham regular e 18,3% não souberam responder.

Ao avaliarem a construção da Maternidade, 35,6% consideram a obra boa, 17,3% a classificam como ótima e outros 18,6% como regular.

A pesquisa também mostrou que 6% acham a obra ruim e 4,2% péssima. Outros 18,3% não souberam responder.

Doria

A pesquisa também quis saber o índice de aprovação do governo de João Doria Júnior (PSDB) entre os eleitores mogianos. Ao serem indagados se aprovavam ou não a administração do atual governador, 34,6% reprovaram, 28,1% aprovaram e 34,4% ficaram no meio termo, afirmando que consideravam regular o trabalho de Doria. Outros 2,8% não souberam responder.

Ao serem convidados a fazerem uma avaliação mais detalhada da atual administração estadual, 34,4% classificaram como regular; 22,1% como boa e 6% ótima. Outros 19,3% consideraram péssima e 15,3% ruim. Já 2,8% não souberam responder.

Bolsonaro

Já a administração do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), foi reprovada por 40,9% e aprovada por 34,8% dos entrevistados. Outros 22,8% ficaram no meio termo, classificando de regular, enquanto 1,5% não souberam responder.

Quando instados a fazer uma avaliação mais detalhada do governo bolsonarista, 30,9% dos entrevistados consideraram péssimo e 10% ruim. Outros 22,8% avaliaram como regular, 22,1% bom e 12,6% ótimo. Já 1,5% não souberam responder.

A pesquisa

A primeira pesquisa eleitoral que o jornal O Diário mostra no período que antecede as futuras eleições municipais foi realizada pela FLS Pesquisa e Marketing, entre os dias 6 e 7 de julho de 2020, num trabalho que teve como objetivo investigar as opiniões e tendências dos eleitores a respeito de assunto político/eleitoral do município de Mogi das Cruzes.

A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostragem representativa do universo de investigação.

Para sua realização, foi adotada uma amostra estratificada por cotas, para obter representatividade para o conjunto do município. As cotas são calculadas proporcionalmente a cada estrato, de acordo com os dados do Censo 2010/TSE.

As entrevistas foram pessoais, com utilização de questionários elaborados de acordo com os objetivos da pesquisa

Foram ouvidos 601 eleitores de diferentes sexos, faixas etárias, graus de instrução e rendas familiares.

A pesquisa apresenta uma margem de erro de 4% e um intervalo de confiança de 95,5% e está registrada na Justiça Eleitoral sob número SP-00949/2020.


Deixe seu comentário