PH diz que falta sorte ao União

 Lamounier acredita que ‘maré’ vai mudar com mais trabalho / Foto: Arquivo
Lamounier acredita que ‘maré’ vai mudar com mais trabalho / Foto: Arquivo

A palavra “azar” não faz parte do vocabulário do técnico Pedro Henrique Lamounier. Para ele está faltando “sorte” para o time do União nos duelos do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O treinador acredita que a maré vai mudar com mais trabalho, principalmente de finalização. Acertando o alvo, o comandante garante que o alviurrubro vai carimbar a primeira vitória e vai dar uma arrancada ainda na primeira fase da competição. E ele espera que o seu elenco comece a mudar a história na competição contra o Jabaquara, em duelo programado para o Estádio Nogueirão, às 15 horas deste sábado. “O grupo está encaixando para reverter a situação e quando voltar a encontrar a vitória vai melhorar no campeonato”, disse Lamounier.

E melhorar a finalização será fundamental para o União nas próximas partidas. Na condição de penúltimo colocado no grupo 4, com 3 pontos – e só à frente do Jabaquara (1 ponto) – o alvirrubro só pode pensdar em voltar a vencer para ainda tentar uma das quatro vagas da chave para a segunda fase do Estadual.

Para PH, o último grande exemplo de falha nas finalizações ocorreu no último domingo, na derrota diante do Guarulhos, por 3 a 1. Todas as chances que o líder do grupo criou foram convertidas em gol. Ao contrário do União. “Nós consagramos o goleiro deles”, salientou Lamounier, se referindo a Lucas.

Na base da pressão e com dois homens a mais, o União foi em busca do resultado, mas parou no goleiro. Lucas fez quatro defesas “maravilhosas” e ainda defendeu um pênalti, cobrado pelo atacante Xandy. “Se faz 3 a 2, faltavam ainda uns 15 minutos e acredito que daria para reverter. Não conseguimos e foi muito mérito do goleiro”, analisou o técnico do alvirrubro.

O time volta aos treinos hoje pela manhã visando o pega com o Jabaquara. “Vamos trabalhar mais as finalizações. Vejo que o time está evoluindo no jeito de jogar. Vai encaixar e volto a pedir um pouco mais de paciência da torcida”, finalizou Lamounier. (Gerson Lourenço)