CASO

Polícia Civil procura assaltante de hotel em Jundiapeba

DIÁRIO

A Polícia Civil vai tentar localizar um assaltante que agiu no Hotel Mogi, na rua Cecília Rocha, em Jundiapeba. O roubo foi cometido na madrugada de 31 de maio, mas somente foi informado na tarde desta quarta-feira à equipe do 4º Distrito Policial, a qual registrou o crime.

O marginal, escondendo o rosto com uma touca e supostamente armado, rendeu os empregados do hotel, Ailto Macedo Ferreira, de 24 anos, e Edson Nere Neves de Souza, de 25 anos, que trabalham na recepção.

Segundo foi relatado na delegacia, os recepcionistas notaram que a arma do bandido era de brinquedo e resolveram reagir depois de ele roubar R$ 800,00 do caixa.

Na briga, as vítimas retiraram dele o simulacro e a touca, e ainda caíram na confusão os óculos, uma máscara verde e preto, furadeira e outros objetos. A ocorrência foi comunicada ao Setor de Investigações.

Violência

Por agredir a mulher dele, Sandra Cristina Botelho dos Santos, na casa da família em Salesópolis, Sandro da Silva foi preso nesta quinta-feira pela Polícia Civil. O delegado titular Jorge Luis Neves Esteves, que autuou o acusado em flagrante por violência doméstica e o mandou para a Cadeia de Mogi, apurou que Sandro bateu várias vezes a cabeça da companheira em uma parede.


Deixe seu comentário