AÇÃO

Polícia fecha casa utilizada para o tráfico de drogas no Botujuru

Grande quantidade de entorpecentes como cocaína e maconha foi encontrada com o traficante. (Foto: Divulgação)
Grande quantidade de entorpecentes como cocaína e maconha foi encontrada com o traficante. (Foto: Divulgação)

Um ponto que serve para armazenar, embalar e distribuir drogas em Mogi e Cidades vizinhas, denominado como “Casa Bomba”, no meio policial, foi descoberto no final da tarde desta terça-feira, localizado na Rua Luiza dos Santos Cardoso, 760, no Bairro do Botujuru. O acusado de tráfico Clayton Américo de Deus, de 28 anos, foi capturado e escoltado ao 3º Distrito Policial, em César de Souza, onde o delegado titular Alexandre Batalha e o escrivão Alexandre Fernandes o autuaram em flagrante.

Após concluir as medidas de Polícia Judiciária, Clayton foi transferido para a Cadeia Pública de Mogi. Na manhã de hoje, a polícia o apresentará na audiência de custódia no Fórum local.

De acordo com o laudo da Polícia Científica foram encontrados na “Casa Bomba” 385,20 gramas de maconha e 299,70 gramas de cocaína. Os entorpecentes já estavam embalados para a venda aos usuários de drogas.

Prisão
A Polícia Militar descobriu o ponto de venda de tóxicos depois de abordar o Ford Fiesta CKF-5864 com três rapazes que agiram de forma suspeita. Ao revistar o carro a equipe localizou R$ 2.250,00 em cédulas e R$ 50,00 em moedas; também sentiu cheiro de maconha no interior do Fiesta. Clayton assumiu ser traficante e que o dinheiro encontrado era procedente do comércio ilegal. Ele foi preso, o carro e as drogas ficaram apreendidos. Os colegas dele Rodrigo de Jesus Rocha Silva e Emerson Santana de Oliveira foram ouvidos apenas como testemunhas e liberados.