OPERAÇÃO

Polícia Federal apreende materiais na região

DIÁRIO

A operação MedCruz desencadeada nesta quinta-feira (21), pela Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União, que investiga o desvio de verbas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS) pela Prefeitura de Cruzeiro, no Vale do Paraíba, chegou até as cidades de Mogi das Cruzes, Poá e Suzano. De acordo com a Polícia Federal, há pessoas envolvidas no esquema que moram nessas cidades do Alto Tietê, por isso a ação chegou até a região. A corporação, no entanto, não divulgou a identidade dos envolvidos.

Além das cidades do Alto Tietê, os 62 policiais federais e cinco auditores da CGU cumpririam os 15 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Guaratinguetá, nas cidades de Cruzeiro, Piquete, Taubaté, no Vale do Paraíba, e ainda em Resende, no Rio de Janeiro.

De acordo com a PF, as investigações tiveram início há aproximadamente um ano, a partir de fiscalização da CGU, que apontou indicativos de fraudes nas contratações de uma Organização Social (OS) para serviços de saúde em Cruzeiro. O prejuízo apurado foi de cerca de R$ 3,6 milhões.


Deixe seu comentário