AÇÃO

Polícia Militar captura membro do PCC em Mogi

José Avelar, o “Ceará”, se passava por dono de bar no Jardim Aeroporto. (Foto: divulgação)

Cerco realizado pela Polícia Militar no último sábado, a qual teve a ajuda até dos policiais, do Canil, do 32º BPM/M, de Suzano, levou para a Cadeia de Mogi o integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) identificado como José Avelar Vieira. Além do acusado, as equipes apreenderam em uma casa na Rua Constelation, 626, no Jardim Aeroporto, em Mogi das Cruzes, grande quantidade de entorpecentes.

O delegado Victor Mello da Silva, da Central de Flagrantes, do Distrito Central, autuou por tráfico de drogas José Avelar Vieira.

Ontem, ele foi escoltado ao Fórum local e participou da audiência de custódia. O seu auto de prisão em flagrante se tornou em preventiva e ele foi transferido para o Centro de Detenção Provisória, no bairro do Taboão.

Os policiais, do 17º BPP/M, passaram a agir depois de receber uma denúncia anônima sobre o dono de um bar conhecido como “Ceará”.que comercializava drogas no Jardim Aeroporto. No estabelecimento havia diversas mercadorias e foi necessário o apoio do cão Mel, do Canil da PM.

O traficante José Avelar, o “Ceará”, indicou para as equipes a sua outra casa, na mesma via. Nos fundos do quintal, em meio a entulhos, foram encontradas duas latas com 27 papelotes de cocaína, 204 pedras de crack, e 260 buchas de maconha. Perto das latas havia um saco plástico comR$ 246.60.

Interrogado pela Polícia Militar sobre os entorpecentes, José Avelar alegou que desconhece quem é o dono, pois “aluguei o imóvel recentemente”.

Na operação, o tenente PM Munareto mobilizou o cabo Adalberto e o policial Galbiatti, da viatura 17.203, o sargento Cleyton e o cabo Washington, da viatura 17.205, além do sargento Hamilton e o cabo Wagner, do 32º BPM/M, e a labradora Mel.

Deixe seu comentário