INVESTIGAÇÃO

Polícia Militar encontra explosivos em casa de Mogi das Cruzes

O material foi levado pelo Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) para detonação. (Foto: Jocimar Danucci)

A rotina dos moradores da Rua Sebastião Cascardo, no Jardim Universo, foi alterada no início da noite desta terça-feira, após a mobilização da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) e do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) também da Polícia Militar, que veio de São Paulo a Mogi para resgatar duas ‘bananas’ de dinamite encontradas na casa de Johnson Xavier Ruy Luques, de 31 anos. Ele estava foragido na tarde de ontem, mas segundo a Polícia seria integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Coube ao Gate explodir as dinamites em lugar seguro. De acordo com a ocorrência elaborada pela Polícia Civil no Distrito Central, em Mogi, a Rota recebeu uma denúncia anônima sobre um ponto de venda de drogas no Jardim Universo. No local, os foram atendidos pela avó de Johnson, que autorizou o acesso ao interior do imóvel onde não havia entorpecentes e sim as dinamites. O irmão de Johnson, Jobson também foi procurado na residência da mãe dele, em Braz Cubas. Ele não se encontrava e os policiais não localizaram nenhum objeto ilicito. Um inquérito será aberto para apurar a guarda ilegal dos explosivos.


Deixe seu comentário