Jornal O Diário

Quarta-Feira, 23 de Julho de 2014

Última atualização:06:00:00 AM GMT

Você está no canal: POLÍCIA POLÍCIA Índice de roubos aumenta 3,3% em Mogi

Índice de roubos aumenta 3,3% em Mogi

O número de roubos em geral, em Mogi das Cruzes, teve aumento de 3,3% de janeiro a novembro desse ano, saltando de 1.272 ocorrências para 1.315 no período. Somente anteontem, ao menos quatro casos foram registrados na Cidade.

O primeiro aconteceu na tarde do Natal, na Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, próximo à agência do banco Itaú. De acordo com o Boletim de Ocorrência elaborado no 2º Distrito Policial, em Braz Cubas, a vendedora Marlene Aparecida Malta Luiz, 54 anos, caminhava pela via quando um homem, desconhecido, a abordou e mediante força física levou a bolsa dela que continha cartões bancários, um tablet, dois celulares, um par de óculos de sol e R$ 1,8 mil em dinheiro.

Já na quinta-feira, às 21h30, o auxiliar de expedição, Ronaldo Gonçalves Diogo, 27 anos, havia estacionado a moto dele, de placas ESZ 9601, na frente de um comércio localizado na Avenida João XXIII e quando foi pegá-la para ir embora foi abordado por dois indivíduos que passaram a agredi-lo com socos no rosto e depois roubaram o veículo. Por ter sido a ação rápida demais, a vítima disse que não tem condições de identificar os autores do crime.

Ontem (27) de madrugada, o administrador de empresas João Paulo de Souza e a analista financeira Elaine Rute Marques de Oliveira levaram um susto. Eles estavam dentro do carro Gol, de placas CNE 4295, estacionado na frente de uma residência na Rua Júlio Antonio de Andrade, na Vila Jundiaí, quando três desconhecidos, um deles armado, aproximaram-se do veículo e mediante grave ameaça obrigaram as vítimas a descer do automóvel para que pudessem levá-lo.

Por fim, um dos médicos mais conhecidos de Mogi, Nobolo Mori, 88 anos, registrou queixa de roubo no 1º Distrito Policial. Ele contou que no dia 26 de outubro, dois homens invadiram a casa dele, de madrugada, na Rua Braz de Pina e, armados, exigiram que o cofre fosse aberto, levando R$ 10 mil embora. Já no último dia 22, novamente, dois bandidos entraram na residência e roubaram 100 gramas em barrinhas de ouro. O médico acredita que ambos assaltos foram cometidos pelos mesmos marginais.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar