EDITORIAL

Ponto positivo

“Acertadamente, Jundiapeba recebe a terceira escola de ensino em tempo integral”

Meta do Plano Nacional de Educação (PNE), o ensino em tempo integral é considerada peça importante para melhorar a qualidade da educação e a formação das atuais e futuras gerações. O modelo quase duplica a carga horária do estudante dentro da escola, que sai das quatro horas para as sete horas por dia. Mogi das Cruzes avança para atingir essa marca. Dos 47 mil alunos da rede municipal, 23,7 mil mil frequentam as aulas em período integral, segundo a Secretaria Municipal da Educação.

No Brasil, o PNE estipula que metade das escolas públicas funcionem desta maneira até 2024. Muitos municípios brasileiros estão longe dessa meta.

Nos países reconhecidos pela excelência na educação, os estudantes permanecem mais tempo na escola. Será preciso muito mais, porém, Mogi das Cruzes dá os primeiros e definitivos passos para fazer a diferença na formação de seus cidadãos.

Essa decisão do governo municipal – de investir em escolas novas, de boa qualidade, merece o nosso reconhecimento. Há alguns dias, o sétimo Centro Municipal de Programa Educacional, o Cempre Professor Sérgio Moretti, foi inaugurado no Distrito de Jundiapeba. Tem capacidade para 840 alunos, que passam a contar com atividades curriculares e extra-curriculares em uma das regiões cuja demanda por vaga em escola mais cresceu na cidade

Desde 2000, a construção de apartamentos populares em Jundiapeba fez crescer exponencialmente a procura por vagas em escola pública. O distrito crescerá ainda mais no futuro próximo. Acertadamente, Jundiapeba recebe a terceira escola de ensino integral (os dois outros Cempres são “Lourdes Lopes Romeiro” e “Oswaldo Regino Ornellas”.

Com instalações propícias ao desenvolvimento de atividades esportivas e artísticas, esses prédios são planejados para ofertar uma experiência de educação moderna, atraente ao jovem. Só isso não muda a educação, bem sabemos, mas os investimentos em recursos materiais que valorizam a escola e o estudante são um feito e tanto diante das muitas dificuldades encontradas na rede pública.


Deixe seu comentário