NOVIDADE

Porsche comeca a vender o Cayenne Coupé no Brasil em duas versões

O novo Porsche Cayenne Coupé chega em duas versões ao mercado brasileiro (Divulgação)

A Porsche Brasil apresentou a nova versão da bem-sucedida linha de utilitários esportivos: o Cayenne Coupé. O carro tem todos os elementos que caracterizam o DNA da empresa alemã: estilo, luxo e esportividade. O modelo começa a ser comercializado no Brasil nas versões Cayenne Coupé, com preço de R$ 459.000 e Cayenne Turbo S E-Hybrid, que custa R$ 956.500.
As proporções mais dinâmicas combinam com elementos de design exclusivos que dão ao novo Cayenne Coupé um nível de elegância inigualável. “A linha de teto significativamente mais inclinada, que cai para a traseira, faz o Cayenne Coupé parecer ainda mais dinâmico e o posiciona como o modelo com aparência mais esportiva em todo o segmento”, diz Michael Mauer, vice-presidente de Estilo da Porsche.

O modelo vem com duas opções de motorização: uma de 340 cv e outra híbrida, que gera 680 cv (Divulgação)

O efeito é reforçado por um defletor aerodinâmico no teto, que marca ainda mais a silhueta diferenciada do Coupé. O para-brisa dianteiro e a coluna A são mais baixos do que no Cayenne, graças ao rebaixamento da borda do teto em torno de 20 milímetros. As portas traseiras e para-lamas redesenhados alargam os ombros do veículo em 19 milímetros, contribuindo para a impressão muscular do conjunto. A placa traseira é integrada ao para-choques, fazendo o veículo parecer mais próximo do chão.
Com seu defletor adaptativo, o atual Cayenne Turbo foi o primeiro SUV a trazer esse tipo de aerodinâmica ativa. O novo Cayenne Coupé aproveita essa iniciativa e dá continuidade a ela. Em todos os modelos Cayenne Coupé, o defletor de teto é combinado a um novo defletor traseiro adaptativo, como parte da Porsche Active Aerodynamics (PAA – aerodinâmica ativa). O defletor – integrado harmonicamente à silhueta deste modelo – se estende 135 mm em velocidades acima de 90 km/h, aumentando a pressão de contato sobre o eixo traseiro, ao mesmo tempo que a PAA aumenta simultaneamente a eficiência.

Interior do Cayenne Coupé traz o mesmo requinte das outras versões do SUV da Porsche (Divulgação)

O novo Cayenne Coupé oferece de série amplo espaço a bordo para até quatro pessoas. Na frente, os novos assentos esportivos com oito regulagens com apoios de cabeça integrados oferecem conforto excepcional e ótimo apoio lateral. Na traseira, o Coupé vem equipado de série com um banco com características típicas de bancos individuais. Como alternativa, bancos conforto tipo 2+1 – um equipamento familiar do Cayenne – pode ser especificado sem custo adicional.
Os passageiros de trás sentam-se 30 milímetros mais baixo que no Cayenne, o que garante amplo espaço para a cabeça, apesar da silhueta esportiva rebaixada do veículo. A capacidade do bagageiro e de 625 litros – ideal para o uso diário – e pode ser elevada até 1.540 litros quando os assentos traseiros são rebatidos (no Cayenne Turbo Coupé, de 600 para 1.510 litros).
No lançamento ao mercado brasileiro serão disponibilizados dois modelos de alto desempenho, o Cayenne Coupé e o topo de linha Cayenne Coupé Turbo S E-Hybrid. O Cayenne Coupé conta com motor turbo de seis cilindros e 3.0 litros, que gera potência de 340 cv e desenvolve 450 Nm de torque. O pacote Sport Chrono, que equipa os veículos de série, permite realizar a arrancada de 0 a 100 km/h em 6,0 segundos, tempo que pode cair para 5,9 segundos com os pacotes esportivos de peso leve opcionais. A velocidade máxima do veículo é 243 km/h.

O novo Porsche custa R$ 459 mil na versão mais “mansa” e R$ impressionantes R$ 956,5 mil na híbrida (Divulgação)

O topo de linha Cayenne Turbo S E-Hybrid Coupé obtém sua potência total de 680 cv, que vem da interação inteligente entre um motor V8 de 4.0 litros (550 cv) e um motor elétrico (136 cv) integrado à transmissão Tiptronic S de oito velocidades. O torque máximo do sistema é 900 Nm, disponibilizado logo acima da marcha lenta, de 0 até 100km/h em 3,8 segundos, atinge uma velocidade máxima de 295 km/h. Esse desempenho excepcional se combina a um alto nível de eficiência: o Cayenne Turbo S E-Hybrid Coupé pode rodar até 40 quilômetros sem nenhuma emissão local. O consumo, segundo o ciclo NEDC, é de 3,9 -3,7 l/100 km (combustível) e 19,6-18,7 kWh/100 km (eletricidade).