Prefeito realizará palestra em fórum educacional de Brasília


O prefeito Marco Bertaiolli (PSD) será um dos palestrantes do 8º Fórum dos Executivos Financeiros para as Instituições de Ensino Privadas do Brasil (FinancIES), que acontecerá nos dias 24 e 25 de novembro, na sede do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, em Brasília. Ele  participará do primeiro dia do evento, apresentando o tema “A relação construtivista na gestão municipal e o desenvolvimento do ensino superior – Case de Mogi das Cruzes”. Bertaiolli deverá traçar um panorama geral do modelo de  trabalho adotado na Cidade durante os seus dois mandatos na área educacional, com a construção de 53 de creches já entregues, além de 10 em construção e outras duas em licitação. O trabalho da Escola de Governo e da Secretaria de Educação na preparação de pessoal especializado para trabalhar nas unidades educativas. Nesta edição do evento, está prevista a montagem de uma sala especial para o debate a respeito do Fies, o conturbado plano de financiamento educativo no Governo Federal. O FinancIES é um evento anual que envolve gestores financeiros da área educacional de todo o País, também terá como convidados os ministros Aldo Rebelo (PC do B), da Ciência Tecnologia e Inovação; Gilberto Kassab (PSD), das Cidades; Guilherme Afif Domingos (PSD), da Secretaria da Micro e Pequena Empresa; e os senadores Cristovam Buarque (PDT) e Randolfe Rodrigues (PSOL). O Fórum, que discutirá o tema central “Meritocracia Efetiva! Gerar valor para a instituição de ensino” tem à frente um outro mogiano, o seu presidente Iram Alves dos Santos, atual conselheiro da Universidade Braz Cubas. No ano passado, a sétima edição do FinancIES aconteceu em Florianópolis (SC).

COTIDIANO

Um caminhão com problema mecânico atravessado sobre a Mogi-Dutra provocou 9 km de congestionamento, ontem, no sentido Mogi / Foto: Eisner Soares
Um caminhão com problema mecânico atravessado sobre a Mogi-Dutra provocou 9 km de congestionamento, ontem, no sentido Mogi / Foto: Eisner Soares

FRASE

Aqui é só a mão de Deus para proteger.

Comerciantes vizinhos da Estrada do Pavan, sobre os riscos de acidentes com caminhões que por ali trafegam com excesso de velocidade