ABASTECIMENTO

Prefeito vistoria as obras dos novos reservatórios do Sistema de Abastecimento de Água da Vila Oroxó

EM OBRAS Montagem do novo sistema caminha em ritmo acelerado. (Foto: divulgação)
EM OBRAS Montagem do novo sistema caminha em ritmo acelerado. (Foto: divulgação)

O prefeito Marcus Melo vistoriou, na manhã de ontem, as obras de instalação dos reservatórios que irão compor o Sistema de Abastecimento de Água (SAA) Vila Oroxó. São duas caixas d’água com capacidade para 2 milhões de litros cada, erguidas na Via Benedito Ferreira Lopes e que atenderão 16 mil moradores. Os bairros beneficiados são a Vila Oroxó, Jardim Maricá, Rodeio, Bella Cittá, Residencial Itapeti, Jardim Aracy, Ponte Grande e Jardim Náutico. Também participaram da vistoria o vice-prefeito Juliano Abe e o diretor-geral do Semae, Glauco Luiz Silva.

A obra faz parte de um pacote de investimentos que inclui o Sistema de Abastecimento Jundiapeba, que terá um reservatório de 7 milhões de litros, numa área entre as avenidas Anchieta e Francisco Ferreira Lopes, no bairro Vila Cardoso, em Braz Cubas, onde a Prefeitura e o Semae estão construindo a base do reservatório. Serão 45 mil pessoas beneficiadas (em Jundiapeba e Nova Jundiapeba).

Os complexos atenderão, juntos, 61 mil pessoas. O investimento na primeira e segunda etapas é de R$ 9,8 milhões, sendo R$ 7,6 milhões nos reservatórios (R$ 4,1 milhões no Oroxó e R$ 3,5 milhões em Jundiapeba) e R$ 2,2 milhões para a construção das bases. As próximas etapas estão em fase de projeto.

“A construção destes dois sistemas integram o Plano Municipal de Abastecimento de Água. Os reservatórios funcionarão como ‘pulmões’. Eles permanecerão cheios, principalmente no período noturno, quando o consumo diminui. Em situações em que houver necessidade de paralisações no fornecimento de água, para alguma manutenção, por exemplo, o abastecimento pode prosseguir com o uso dos reservatórios”, explicou o prefeito.

Os bairros beneficiados com os novos sistemas já são atendidos atualmente com abastecimento de água. Além da melhoria do serviço, o objetivo das obras é ter uma estrutura preparada para o crescimento populacional da cidade.

Além da demanda atual, os dois sistemas estarão prontos para abastecer uma população de até 145 mil pessoas (previsão para 2046), sendo 52 mil pelo SAA Jundiapeba e 93 mil pelo SAA Oroxó.

“Muitas pessoas hoje procuram morar em Mogi das Cruzes pela estrutura que a cidade oferece em educação, saúde, segurança, e na qualidade de vida como um todo. Com essas obras, vamos suprir também a demanda futura”, conclui o prefeito.

A previsão é concluir as estruturas do Oroxó e de Jundiapeba no primeiro semestre de 2020.

Na área de abastecimento de água, também estão em andamento a construção do Centro de Reservação da Vila Moraes, Sistema Chácara Guanabara, reforma e modernização da Estação de Captação e construção de estação elevatória e rede de bombeamento no Botujuru.

Biritiba Ussu e parte do Boa Vista ficarão desabastecidos

Neste sábado (26/10), a partir das 11 h oras, a concessionária de energia fará uma manutenção preventiva na rede que atende o sistema de abastecimento de água de Biritiba Ussu e parte do bairro Boa Vista. Sem energia, será necessário suspender o fornecimento de água. A previsão da concessionária é concluir a manutenção por volta das 16h, mas a normalização do abastecimento leva um pouco mais de tempo devido à necessidade de retomar a captação, tratamento e distribuição. O serviço deve se estabilizar à noite.

A autarquia recomenda economia de água. Quem tem caixa d’água em casa não deverá sentir os efeitos da paralisação. Mais informações pelo telefone 115.


Deixe seu comentário