REIVINDICAÇÃO ANTIGA

Prefeitura de Mogi inicia obras de melhoria de acessibilidade próximo à Apae

O projeto prevê o alargamento de 260 metros lineares de calçadas, que passarão a ter 2,3 metros. (Foto: Eisner Soares)

Nesta semana, a Prefeitura de Mogi iniciou as obras de melhoria da acessibilidade próximo à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), reivindicadas por meio de reportagens deste jornal e muito aguardada pelas mães e familiares que enfrentam problemas de mobilidade naquela região. Os trabalhos compreendem a ampliação de calçadas nas ruas Joaquim Fabiano de Melo e Carmem de Moura Santos, o que facilitará o acesso de pessoas com dificuldade de locomoção.

O próprio prefeito Marcus Melo (PSDB) alega que “as obras de acessibilidade e alargamento das calçadas resolverão uma reivindicação de muitos anos trazida à Prefeitura pela direção da Apae e pelos pais dos alunos. É também um respeito às pessoas com dificuldade de locomoção, que não terão mais que disputar espaço com os postes ou então com os carros nas ruas”, afirmou.

O projeto prevê o alargamento de 260 metros lineares de calçadas, que passarão a ter 2,3 metros. O trabalho beneficiará a calçada do lado direito da rua Joaquim de Melo, entre as ruas Ipiranga e Carmem de Moura Santos, e o lado esquerdo da Carmem de Moura, entre as ruas Joaquim de Melo e Deodato Wertheimer.

Serão implantadas duas lombofaixas para ampliar a segurança viária e rampas de acessibilidade para cadeirantes. Postes de energia elétrica também serão realocados a fim de permitir maior espaço para a circulação das pessoas.

O investimento é de R$ 323.004,25, provenientes de uma emenda parlamentar e investimento municipal. A empresa CG Engenharia, vencedora da licitação, é a responsável pelas obras. A previsão é de que os serviços sejam concluídos até o final de julho.

As intervenções começaram na segunda-feira pelo quarteirão da rua Joaquim Fabiano de Melo entre as ruas Carmem de Moura e Nilo Peçanha. Os paralelepípedos já estão sendo retirados no local em que a calçada será ampliada.

Com a interdição naquela área, agentes municipais de trânsito estarão no local para orientar motoristas. A Secretaria Municipal de Transportes também acompanha a circulação dos ônibus pelas vias.

As obras de alargamento das calçadas na região da Apae fazem parte das ações definidas pelo Plano Municipal de Mobilidade Urbana. A obra também foi discutida junto ao Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência.