INFORMAÇÃO

Previdência e eleições são temas de reuniões do PT

NO ALTO A parte dianteira de uma moto que simula estar saindo de uma parede, chama atenção de quem passa pela oficina, no bairro Mogi Moderno. (Foto: Eisner Soares)
NO ALTO A parte dianteira de uma moto que simula estar saindo de uma parede, chama atenção de quem passa pela oficina, no bairro Mogi Moderno. (Foto: Eisner Soares)

Partido começa a definir estratégia e discurso com vistas à futura campanha

A reforma proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para a Previdência Social deverá ser alvo de uma intensa discussão, a partir das 19 horas de hoje, na sede do Sindicato dos Bancários de Mogi, na Rua Eugênio Motta, 102. O debate, organizado pelo Diretório Municipal do PT, terá como palestrantes convidados o ex-superintendente do Ministério do Trabalho de São Paulo e deputado federal Alencar Santana; o secretário-geral da Central Única dos Trabalhadores (CUT), João Cayres, além do mogino Claudio Betzler, ex-diretor do Instituto de Previdência Municipal de São Paulo. O partido pretende marcar sua posição contrária às mudanças propostas pelo atual governo, que deverá ser incorporada pelos militantes da agremiação e virtuais candidatos à próxima eleição. E por falar em eleição municipal, o PT realizou, no último sábado, uma reunião plenária que contou com as presenças de, segundo o presidente Alexandre Girolamo de Almeida, “mais de 80 pré-candidatos” à Câmara Municipal, além de filiados do partido, que foram ouvir palestras de lideranças do partido acerca da futura campanha eleitoral. Lá estiveram o atual prefeito de Franco da Rocha, Kiko Celeguim, o deputado federal Alencar Santana e o vereador e pré-candidato a prefeito de Mogi, Rodrigo Valverde, expondo aos militantes e virtuais candidatos a vereador detalhes sobre como deverá ser a futura campanha elitoral para a Câmara e Prefeitura de Mogi. O PT terá como lema de campanha “Uma cidade para todos”, prometendo manter e melhorar o que funciona, não aprovar novos impostos, assim como isenções a empresas, sem antes ouvir a população. A organização com vistas à disputa do próximo ano será, segundo o presidente Alexandre de Almeida, a principal preocupação do partido, a partir de agora.

MDB e o mirante

O presidente municipal do MDB, vereador Mauro Araújo, apressou-se em dar publicidade ao fato de que foi de autoria do deputado federal de seu partido, Baleia Rossi, a emenda liberando R$ 444 mil do Ministério do Turismo para a construção de um mirante e outras instalações na área do Pico do Urubu, na Serra do Itapeti, com contrapartida de R$ 5.250,00 da Prefeitura de Mogi. “Entramos em contato com o deputado, o qual obteve mais uma conquista para a cidade”, disse Araújo.

Do bem

O grupo denominado “Advogados do Bem” vem realizando palestras junto a escolas e outros segmentos da cidade para tratar de temas como cidadania, fake news, drogas e outros assuntos. Sem “viés político-partidário”, o grupo encabeçado pelo advogado José Beraldo esteve ontem conversando com alunos com idade a partir de 16 anos, anos da Escola José Aylmar Gonçalves miranda, no bairro do Parateí, em Mogi.

Mulheres”

A Câmara de Arujá abre hoje, às 10 horas, a mostra fotográfica “Mulheres”, da escritora e fotógrafa Graziela Gilioli, que retrata a realidade feminina no Brasil e outros países, como Itália, Nepal, Butão, Marrocos e Peru. As imagens foram registradas ao longo de sete anos de viagens. A expositora fará palestra e uma visita guiada com convidados na estreia da mostra, que prosseguirá até o próximo dia 24. Informações: www.camaraaruja.sp.gov.br.

O cano do vice

O vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) acabou substituído no encontro que teria, nesta semana, com prefeitos do Condemat para tratar de assuntos de interesse do Alto Tietê. O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e o secretário-executivo de Governo, Rubens Cury, ouviram pacientemente as reivindicações dos visitantes, entre elas, a de uma alça de saída do Rodoanel, em Suzano. Nada resolveram, mas prometeram respostas no curto prazo. O vice não apareceu por estar cumprindo uma agenda do governador Joao Doria (PSDB). Mas prometeu marcar outra data para receber os prefeitos.

Frase

O mundo se dividem entre os que acham e os que não sabem onde botaram.

Millôr Fernandes (1923-2012), desenhista, humorista, dramaturgo, escritor, poeta, tradutor e jornalista brasileiro