EDP

Programa Tarifa Branca oferece descontos de até 18% nas contas de energia elétrica

ANÁLISE Consumidor pode se beneficiar da Tarifa Branca, se não usar a energia elétrica no horário de pico do consumo. (Foto: divulgação)

Desde o início desta semana, os moradores da região do Alto Tietê podem aderir ao programa Tarifa Branca, que dá desconto de até 13% para o consumidor comercial e 18% para o residencial, caso ele não utilize a energia elétrica no período de pico de consumo, entre as 16h30 e 21h30, de segunda a sexta-feira. O programa já existe desde 2018, mas abrangia apenas os consumidores de até 250 quilowatt-hora (kwth) por mês. A nova etapa possibilita a todos os clientes participarem, caso achem vantajoso. Hoje, a região possui 800 clientes cadastrados no programa.

A medida tem como principal objetivo diminuir o pico de consumo, mas a gestora de faturamento da EDP São Paulo, Ana Paula Ferreira, explica que é importante o cliente acessar o site da concessionária de energia e fazer um simulado, para não se assustar com a cobrança, porque nesse período de específico, se ele consumir a energia, terá um acréscimo na tarifa de 79% para o cliente normal e 97% para o industrial – das 17h30 às 20h30 – e de 11% no horário intermediário, que é uma hora antes e uma hora depois do pico.

“A gente percebe que esse cadastro acaba sendo mais vantajoso ao cliente que realmente não utiliza a energia nesse período, por isso acaba sendo mais utilizada por comerciantes, feirantes, bancos, porque eles geralmente finalizam o serviço até as 16h30. Já para o morador é mais difícil aderir ao projeto, porque é complicado ele deslocar o consumo para um outro momento do dia. Normalmente, é neste horário que ele chega em casa e vai fazer as suas atividades”, explica Ana Paula.

Atualmente, a EDP São Paulo tem cerca de 800 clientes cadastrados na Tarifa Branca nas cidades do Alto Tietê, a maior parte formada por comerciantes, bancos e feirantes. “A gente não tem uma estimativa de quantas pessoas vão aderir ao projeto. Ainda é muito difícil falar porque fizemos algumas previsões para anos anteriores, mas que não bateram com a realidade”, conta.

O consumidor interessado em se cadastrar no programa deve ir até a agência da EDP São Paulo, portando documento com foto e a conta de energia. Após fazer o pedido, a concessionária tem até 30 dias para fazer a instalação do novo sistema.


Deixe seu comentário