Quando se dará o derradeiro enlace? 

Agora que caminhamos em menor número em razão de expurgos guiados por potentados celestes, anelaremos algo em nossa língua expresso em três sílabas só – união.Enquanto nos motivamos em torno de tal espírito de corpo, aguardamos quando se dará o derradeiro enlace, isto é, além de resolvida (ou não!!!) a problemática do Anjo Uriel com ele mesmo, irmos ao que mais interessa e diz respeito a quantas anda a relação entre o Anjo Rafael, o Anjo do Senhor e o Anjo Salathiel, os dois primeiros aqui respectivamente egípcio e judeu e híbridos (contam com os dois sexos, ao passo que Salathiel (árabe) poderíamos sem dúvida conotar femme fatale (fêmea perfeita))
Do humor desse tripé depositam-se as esperanças de paz em todo mundo, assim não podemos nos furtar nesta despretensiosa análise ao papel de eminências pardas desse trio nos confrontos entre os homens de suas raças. Algum ou mais desse ícones incentivou seus comandados à guerra? Isto pergunto porque guerra e paz são as faces de uma só navalha e lucra-se enormemente com a paz assim como com a guerra que refará a paz.
Enquanto os judeus se dispersam pelo mundo em diásporas lutam tão apenas no revide bem ao pé da letra extraída da Pena de Talião enunciada há 3000 anos por Moisés e que reza “Olho por olho e dente por dente”, pilar de sustentação do judaísmo ortodoxo.
Os egípcios pouco tendem à guerra e criticar sua deslumbrante civilização só do ponto de vista de ter sido historicamente escravagista poderia condená-la, mas o quanto reuniu judeus, os próprios egípcios e os árabes, tornou-a aos olhos do mundo grande nação cosmopolita.
Crítica é a situação dos árabes. Interpretações radicais de lideranças islâmicas transformam o lirismo poético do Alcorão e suas suratas em manuais de guerra.
Excetuando-se a passagem desses seres ancestrais por sua Gênese, que foi o planeta Órion, o Anjo do Senhor é filho de segunda dinastia de Abraão e Sarah, e, portanto, terráquea, como também o é a árabe primaz fruto da conjunção carnal de Abraão e da escrava egípcia. Brigam feio! Foram e vão à testa de exércitos, ou a Primavera Árabe me deixa mentir?
É isso aí! Falta Rafael colher em um aperto de mão quem quer envolvê-lo, Salathiel, pois no outro já há a comunhão entre Rafael e o Anjo do Senhor e deste com Salathiel.
Por fim, pessoal, guerra é mulher puxando o cabelo da outra, riscando à unha???!!

Fernando Catelan é escritor 


Deixe seu comentário