CARTAS

Queimadas

Aumento das queimadas e desmatamentos, aumento das grilagens e dos garimpos ilegais, aumento da violência policial, aumento das atividades das milícias, aumento dos crimes contra LGBT e mulheres, aumento das violências contra os índios, aumento das violências contra líderes de sem-terra, aumento da violência dos neopentecostais contra religiões afros, aumento das mais variadas formas de preconceito e outras muitas desgraças que marcam nosso retrocesso civilizatório se explicam pelo fato dos autores desses bárbaros crimes se acharem literalmente incentivados, protegidos e garantidamente impunes pelo discurso e pelas atitudes do Bolsonaro e seus capangas de governo. O resto é firula.

Álvaro Rodrigues dos Santos

santosalvaro@uol.com.br

Apoio

Agiu corretamente o presidente Bolsonaro ao rejeitar o dinheiro prometido pelos países ricos e integrantes do chamado G-7 para aplacar os incêndios na região amazônica. Em se tratando de abastados povos, a quantia foi ridícula. E, mais que isso, ainda teríamos de nos submeter às exigências expostas, desavergonhadamente, pelo presidente Macron, da França. Coisas como direcionar dinheiro para ONGs por eles escolhidas e outras medidas do gênero. Esse pessoal age ou tenta agir como se fosse dono do Brasil. Fez bem o presidente Bolsonaro em responder à altura à absurda tese de internacionalização da Amazônia, proposta também por Macron, o indigesto. Não podemos nos curvar perante tantos abusos vindos de fora. Já temos problemas demais aqui dentro à espera de soluções. E quem elas venham o mais rápido possível.

Reginaldo Castro Neves

Braz Cubas, Mogi das Cruzes