CARTAS

Questão de segurança

Há muito tempo, o jornal O Diário de Mogi chegou a esboçar uma campanha em favor da iluminação do trecho inicial da Mogi-Dutra, entre o bairro da Ponte Grande e o acesso para a Ayrton Senna, na altura do bairro do Taboão, logo após a serra do Itapeti. O assunto, porém, acabou sendo colocado em segundo plano, e depois esquecido, em razão de outras prioridades da região e do próprio órgão de imprensa.

Mas seria muito interessante que esse assunto fosse trazido à baila novamente e que o jornal passasse a insistir, sistematicamente, até conseguir tal benefício que seria muito útil a todos os milhares de motoristas que se utilizam diariamente desta que é uma das mais movimentadas estradas da região. Afinal, além de ser ligação natural com a Capital e aeroporto de Cumbica, é também passagem de muitos motoristas que se valem da Mogi-Dutra para alcançar a Mogi-Bertioga e, por conseguinte, as praias da Baixada Santista.

A iluminação de um trecho de, no máximo, dez quilômetros de extensão, não custaria tão caro assim, se comparado com os benefícios que tal obra traria para os motoristas. Pois além da neblina, em época de frio, há também que se levar em conta o fator segurança, já que a iluminação naturalmente afastaria pessoas mal intencionadas da rodovia ou facilitaria a colocação de câmeras para uma fiscalização mais intensa de uma estrada onde são comuns os casos de assaltos a caminhoneiros.

Peço ao jornal que insista nisso. Será mais um grande serviço a ser prestado a todos nós, mogianos e moradores da região.

Sebastião Cruz de Almeida

cruzdealmeida@gmail.com

O Diário

O Diário

Deixe seu comentário