CARTAS

Questão existencial

Sou a favor da vida. Consequentemente, defendo políticas públicas que favoreçam o parto feliz e a maternidade protegida. Merece censura a falta de saneamento nos bairros pobres, causa de doenças e endemias que produzem a morte. Deve ser admitido o aborto quando praticado por médico para salvar a vida da mãe. Não merece anátema a mulher estuprada que, no desespero, recorre ao aborto. Pelo contrário, essa mulher deve ser socorrida na sua dor. Se não tiver o heroísmo de dar à luz a criança gerada pela violência, seja compreendida e perdoada. O aborto é mais uma questão existencial do que uma questão jurídica.

João Baptista Herkenhoff

jbpherkenhoff@gmail.com

Meio ambiente

Segue uma sugestão de pauta ligada ao meio ambiente, tratando sobre a questão da coleta irregular do lixo. Em alguns pontos da cidade, como em César de Souza, é lixo despejado em terrenos baldios, o que acaba propiciando o risco de enchentes. Aí, surge uma interessante discussão: por que não transformar essas enormes áreas abandonadas em ecopontos? Num vídeo que fiz, há um terreno imenso e abandonado, onde poderia ser construído um ecoponto. O Rinaldo Silvério, administrador regional de César, tem projetos interessantes para melhorar a coleta de lixo no distrito. Só resta vontade política para ajudá-lo a concretizar esses planos.

Márcia Regina Dias

marcydays30@hotmail.com