CARTAS

Questões da Amaparque

A Amaparque pede que a PMMC responda as seguintes questões:

Por que o estacionamento do Parque da Cidade ficou fechado por 9 dias para o evento do Food Truck, que durou 2 dias?

Isto não é uso indevido do espaço público que deveria ser de uso da população e não da Prefeitura? Transformar o estacionamento em praça de eventos não é desvio de finalidade pública para o qual foi construído? Por que as lâmpadas colocadas para o evento ficam ligadas a noite toda até de manhã? Quem vai arcar com o custo da conta de luz? Como a Prefeitura mensurou a ida de 25 mil pessoas ao evento se não existem catracas nas entradas? Alguém ficou no portão contando o número de pessoas que entravam? Caso este número seja verdadeiro, como um bairro residencial, com ruas estreitas, sem qualquer infraestrutura, com trânsito intenso, consegue absorver um número de 25.000 pessoas sem causar um grande impacto para os moradores? Porque estes eventos não são realizados nos parques Centenário ou Leon Feffer que têm uma infraestrutura muito melhor? Será que é birra desta administração para com os moradores deste bairro que vem lutando por seus direitos desde que outro administrador, sem qualquer estudo de impacto Ambiental e de Vizinhança, achou que poderia construir aqui uma arena para 4000 pessoas? Por falar nisto, em que gaveta está o Projeto do Estudo de Impacto de Vizinhança, previsto na Lei 10.257/2001, que já deveria ter sido aprovado pela Câmera? Quem engavetou está protegendo quais interesses? Enquanto isto, nosso bairro e outros bairros de Mogi, continuam recebendo mais e mais empreendimentos, e eventos, sem qualquer estudo ou melhoria da infraestrutura.

Associação dos Moradores e Amigos do Parque Mogi das Cruzes, SP

Deixe seu comentário