Rapaz é preso ao vender cocaína a soldado PM

 Bruno afirma que comprou as drogas em SP / Foto: Laércio Ribeiro
Bruno afirma que comprou as drogas em SP / Foto: Laércio Ribeiro

O ajudante geral Bruno Rodrigues dos Santos, de 19 anos, morador em Biritiba Ussu, jamais havia se envolvido com a Polícia, pelo menos, até ontem. No interior de um ônibus da Viação Jacarei, no Terminal Rodoviário, em Mogi, ele sentou-se ao lado de um rapaz e depois de iniciar uma conversa, lhe ofereceu cocaína. “Quer comprar ?”. De imediato, ele foi preso, pois o que ele pensava ser “cliente” era o policial militar Sandro Alves Pereira, de 23 anos, que se dirigia ao seu serviço, a 1ª Companhia, do 28º BPM, em Guaianazes, na zona leste da Capital.

Na mochila do acusado, o pm Alves ainda apreendeu 77 buchas de maconha e 24 cápsulas de cocaína, além de R$ 11,00. “Ele estava iniciando a venda de drogas”, explicou o soldado PM ao delegado Daniel Miragaia Cintra, de plantão no Distrito Central.

A autoridade e a sua equipe autuaram em flagrante Bruno Rodrigues por tráfico de drogas. Questionado por O Diário sobre o motivo de ingressar no crime, ele alegou que “conclui os estudos e fui demitido, peguei R$ 500,00 que sobraram e comprei drogas em São Paulo para revender”. Ele garante que “estou arrependido e quando sair dessa vou parar de mexer com drogas”.