INFORMAÇÃO

Renovação na Câmara poderá chegar aos 50%

Avaliação leva em conta mudanças que poderão ocorrer antes das eleições

A se confirmarem as intenções de alguns vereadores de se candidatarem a prefeito e as desistências de outros, a renovação na Câmara Municipal de Mogi das Cruzes poderá alcançar a metade dos atuais vereadores. Os cálculos feitos por observadores da cena política local levam ainda em consideração o fato de que alguns dos atuais ocupantes dos cargos no Legislativo têm chances reduzidas de se reelegerem nas eleições municipais do próximo ano. Há quem garanta que a renovação poderá ser ainda maior, mas o certo é que podendo atingir a metade dos atuais 23 integrantes, tal hipótese se torna um atrativo muito grande, que fatalmente deverá ser utilizado pelos partidos em geral para atrair novos candidatos para seus quadros. Afinal, as chances para se ocupar uma vaga na Câmara, tornam-se muito maiores. Vale lembrar, aqui neste espaço, que poderão ficar de fora da futura corrida eleitoral os virtuais candidatos a prefeito, Rodrigo Valverde (PT) e Caio Cunha (PV), além do vereador Sadao Sakai (PL), cotado como possível vice de Marcus Melo (PSDB), candidato à releição. Outros que podem ficar de fora do futuro pleito são os vereadores Cuco Pereira (PSDB), que já anunciou sua aposentadoria da vida pública; Taubaté Guimarães (PMDB), que chegou a dizer que não voltaria a disputar eleições, mas que ainda não confirmou isso oficialmente; assim como Claudio Miyake (PSDB), que estaria se preparando para desenvolver um projeto na China, ligado à área odontológica, mas que também não falou isso publicamente. Nas avaliações de experientes observadores locais haveria outros seis vereadores com sérias dificuldades para alcançar a reeleição e se manterem no cargo. Estaria, portanto, completado um quadro de 12 nomes que podem ser substituídos por novos nomes da política. Tudo isso, é claro, no terreno minado das hipóteses e dos cálculos sem maior rigor científico. Já se sabe, entretanto, que há partidos políticos usando tais argumentos para tentar convencer virtuais candidatos a integrarem suas chapas para as próximas eleições. Sinal de que tais hipóteses não seriam, assim, tão impossíveis de serem viáveis.

Divisão

Os principais líderes políticos da cidade já estão cuidando de agrupar partidos que possam abrigar seus candidatos a vereador, de modo que não ocorra acúmulo de bons de votos em uma só legenda. A divisão faz sentido. A concentração espanta os candidatos com menores chances, que podem desistir de concorrer achando que servirão apenas de escada para os grandes puxadores de votos.

Candidata

Um exemplo disso é a médica e ex-vereadora Vera Rainho. Integrante do PL, ela está disposta a voltar a disputar uma vaga no Legislativo, mas considera seu atual partido muito “pesado”, ou seja, com muita gente boa de urna, capaz de ter mais votos que ela. Não será surpresa, portanto, se a médica concordar em sair candidata por alguma outra legenda que estiver umbilicalmente ligada ao grupo do ex-deputado Valdemar Costa Neto, seu guru na política.

Apostas

A propósito de Costa Neto, fontes bem informadas dão conta de que ele estaria apostando pesado na eleição de duas virtuais candidatas à Câmara pelo seu partido: a ex-vereadora Karina Pirillo, a Karina do Adote Já, e a ex-candidata a deputada pelo PT, Alessandra Shimomoto, jornalista que também integra os quadros do Renova BR. Não se descarta também a radialista Marilei Schiavi, que tem atuado como palestrante para as integrantes do PL Mulher em vários eventos do partido, nas últimas semanas.

Sinal vermelho

A temperatura subiu muito acima do limite, quarta-feira à tarde, na Secretaria Municipal de Transportes. Irritado com o tratamento dispensado a um de seus assessores, o vereador Caio Cunha teria ido até lá e, disparado a metralhadora verbal contra o secretário José Luiz Freire de Almeida. Apesar da diferença de idades entre os dois, há quem garanta que sobrou até desafio para que o assunto fosse resolvido “lá fora”. O episódio logo chegou ao gabinete do prefeito e ao do presidente da Câmara Municipal. O que pode vir por aí ainda é uma grande interrogação.

Frase

O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente.

Mahatma Gandhi (1869-1946),  líder pacifista indiano

Deixe seu comentário