Sabaúna

Em relação à carta “Sabaúna esquecida”, publicada nesta terça-feira, a Prefeitura de Mogi concluiu a licitação e já assinou contrato com a empresa que ficará responsável pela elaboração de projetos executivos para implantação de sistemas de esgotamento sanitário em núcleos isolados e dispersos da malha urbana, entre eles Sabaúna. Serão elaborados projetos para todo o sistema de esgoto (redes, estações de bombeamento e de tratamento), abrangendo custos, aspectos ambientais e topográficos, cadastro de rede existente e traçado, entre outros itens técnicos. Com os projetos prontos, o Semae  poderá captar recursos para a execução das obras, hoje estimadas em aproximadamente R$ 50 milhões, ou realizá-las em etapas, de acordo com a disponibilidade financeira da autarquia. Quanto à água, o Semae acompanha diariamente a situação e adotou medidas visando a reduzir a ocorrência de alterações na coloração: mudanças no tratamento, como a melhoria nos filtros e intensificação da limpeza de reservatórios e a realização de descargas nos finais de rede, sempre que necessário, evitando o aumento da coloração. A longo prazo, o município investe na construção de uma adutora, que levará água do reservatório da Vila Nova Aparecida até Sabaúna. São aproximadamente R$ 4 milhões, com recursos da União. Os serviços, que atingiram 50% de conclusão, serão reiniciados assim que o Governo Federal retome os repasses ao Município – a previsão é de que isso ocorra ainda neste primeiro semestre. A Prefeitura também enviou à Câmara um projeto de lei que, se aprovado pelo Legislativo, autorizará o Semae a antecipar recursos à Prefeitura, em caso de atraso de repasse pelo Governo Federal, para futuramente evitar a interrupção de obras realizadas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), como é o caso da adutora que levará água a Sabaúna. Sobre a Estrada Velha, no momento não há projeto para intervenções de grande porte na via, mas a Prefeitura faz manutenções periódicas e sempre que necessárias para garantir boas condições de tráfego.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Mogi das Cruzes


Deixe seu comentário