SAÚDE

Santa Casa de Mogi suspende o atendimento na maternidade por superlotação

Santa Casa trabalha com 39 bebês para 25 leitos no setor Neonatal. (Foto: Arquivo)
Santa Casa trabalha com 39 bebês para 25 leitos no setor Neonatal. (Foto: Arquivo)

A Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes comunicou na manhã desta quarta-feira (8) a suspensão dos atendimentos no setor de maternidade, devido ao quadro de superlotação. A orientação do hospital é que todas as gestantes de baixo e alto risco procurem os outros serviços referenciados na região. Apenas os casos de urgências e emergências obstétricas que chegarem à unidade serão atendidos.

De acordo com a nota divulgada pelo hospital filantrópico, a decisão foi tomada pela direção, em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde, após o agravamento do quadro de superlotação nos setores de maternidade e UTI Neonatal nos últimos dias, e a constatação de que o serviço encontra-se com sua capacidade ocupacional, física e operacional esgotadas.

Nesta quarta-feira, a unidade está com com 39 bebês no Neonatal. Destes, 19 ocupam os 10 leitos UTI, e os outros 20 nos setores intermediários, que conta com 15 leitos. Já na maternidade há 59 gestantes para uma capacidade de 38 leitos.

O hospital informou ainda que “a medida de suspensão do atendimento total tem como objetivo garantir a segurança e integridade aos bebês e gestantes que estão internados nestas unidades, visando evitar danos irreparáveis as pacientes.  Qualquer aumento de demanda ocasiona a geração de um plano de contingência que contemple todas as necessidades daquele momento”, destacou a nota.

Estrutura

A Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes realiza em média, 450 partos por mês, e um atendimento de aproximadamente 2 mil gestantes. Possui 9 leitos de Uti Neonatal, 1 de isolamento, 15 de Cuidados Intermediários (25 leitos) e 38 leitos operacionais para gestantes em sua Maternidade.

Reforçamos ainda que a Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes tem como missão promover assistência em saúde humanizada baseada na segurança e excelência. Valorizando as pessoas o aprimoramento técnico e tendo como valores a ética, a transparência e a valorização da vida e da saúde.

Certos de contarmos com a compreensão de todos, à Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes, ressalta que está sempre à disposição da população da região de Mogi das Cruzes e Alto Tietê.


Deixe seu comentário