ECONOMIA

Secretária de Desenvolvimento diz que Mogi é polo estratégico de investimento para o governo do estado,

Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen da Silva, disse que Mogi integra sete fóruns da pasta estadual. (Foto: Divulgação)
Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen da Silva, disse que Mogi integra sete fóruns da pasta estadual. (Foto: Ney Sarmento/PMMC)

Mogi das Cruzes está entre os polos de desenvolvimento do Governo do Estado, segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, Patricia Ellen da Silva, que esteve na manhã de ontem na abertura dos atendimentos do Empreenda Rápido, no parque Botyra Camorin Gatti. O programa, que chegou ontem à 23ª cidade do estado, é uma das principais apostas da pasta que trata o município como um dos sete polos de desenvolvimento econômico de São Paulo.

Durante o evento, Patricia fez um balanço das atividades deste ano, e comentou que agora a pasta faz uma escala dos projetos executados para basear as ações do ano que vem. “Nossa estratégia é baseada em quatro pontos. Primeiro, o processo de atração de investimentos para o estado, que será executado inclusive em Mogi, que é uma cidade-âncora para a gente. Temos investido também em empreendedorismo, na empregabilidade por meio da qualificação, e em programas de empregabilidade voltado a públicos específicos”, detalhou.

A ideia do Empreenda Rápido oferecer orientações em seis frentes diferentes para quem quer empreender. Começando pela capacitação, a qualificação técnica, acesso ao microcrédito, ao mercado, modernização e, por fim, a desburocratização.

“A gente acabou de passar por uma das nossas crises econômicas e teve muita gente que precisou empreender por necessidade. E nós estamos passando pela maior revolução digital da história. Com isso, não existe país que você vai hoje que não está discutindo formas de aumentar a atividade empreendedora para a transição do futuro do trabalho. Dentro desses contextos de crise, desigualdade ou revolução digital, o empreendedorismo é um pilar fundamental de desenvolvimento”, pontuou.

A secretária divulgou ainda que em São Paulo, o Produto Interno Bruto, o PIB, deve crescer cerca de 1,9%, um índice que o o dobro do que o previsto para o país. E isso, na visão de Patrícia, garante um terreno fértil para quem quer investir. “O meu conselho é empreenda e empreenda rápido”, pontuou.

O diretor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Econômico de Mogi, Claudio Costa, lembrou que a cidade tem realizado diversos fóruns a fim de “dar um banho de loja” nos empresários, investidores e empreendedores da cidade. Na edição de ontem, a ideia era fomentar o empreendedorismo.

“Quando você inspira as pessoas para empreender, você precisa criar uma base para que ela não leve muito tempo, que ela tenha uma lição de casa para fazer. Quando eu falo, nós, são os governos. O propósito hoje é ajudar no pontapé inicial. Nós estamos fazendo um trabalho muito forte de sensibilizar os empresários, até mesmo com o Fórum Econômico, que é dar prioridade para as empresas de Mogi. Nós temos plena certeza que se a gente pode reter aqui os nossos talentos, que hoje vão para São Paulo”, destacou.

Case de sucesso

A psicóloga Juliana Aparecida Simas Redondo, 34 anos, era funcionária de um dos setores da siderúrgica Gerdau que fechou as portas o ano passado na cidade. Com um recém-nascido para criar e a vontade do marido de investir, eles resolveram abrir uma franquia de assistência técnica de celulares na rua Francisco Franco, na região central. A inauguração foi no mês de novembro. Na manhã de ontem, ela foi recebeu a autorização para o segundo empréstimo do Banco do Povo – uma das oportunidades oferecidas no evento -, a primeira foi em janeiro e já foi quitada pela empreendedora.

“Eu sempre quis trabalhar em empresa mesmo, mas o meu marido quis que eu tivesse algo para eu trabalhar para mim. Ele e meu irmão já tínhamos usado o crédito do Banco do Povo. Agora conseguimos de novo e vamos investir na compra de mais acessórios, melhorar a loja e aumentar o capital de giro”, destacou.


Deixe seu comentário