INFORMAÇÃO

Secretaria vai entrar em nova fase, mais moderna e eficiente

SINAIS Acir Filló e Lula da Silva, quando um era prefeito e o outro presidente da República, em solenidade; hoje estão presos pelo mesmo motivo: corrupção. (Foto: arquivo)
SINAIS Acir Filló e Lula da Silva, quando um era prefeito e o outro presidente
da República, em solenidade; hoje estão presos pelo mesmo motivo: corrupção. (Foto: arquivo)

Plataforma digital será implantada para mudar métodos ultrapassados

Dentro de 60 dias, a Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo de Mogi das Cruzes promete ingressar numa nova fase, deixando para trás a burocracia e morosidade que caracterizam as atuais tramitação e solução de processos e outros atendimentos às necessidades dos munícipes. Agilidade, eficiência e rapidez serão as características do trabalho da pasta, prometidas pelo seu titular, o secretário Claudio de Faria Rodrigues, que decidiu enfrentar o desafio proposto pelo prefeito Marcus Melo (PSDB) e promover uma verdadeira revolução em métodos de trabalho que seguem ritos legais de 30 anos atrás, alvos de constantes críticas da população. Hoje, uma residência leva, em média, 60 dias para ser aprovada, mesmo tendo toda a documentação em ordem; enquanto uma edificação para fins comerciais pode levar 120 dias; e um empreendimento de grande porte – residencial, comercial ou industrial – até um para aprovação. Com a modernização dos serviços, feita por uma empresa especializada em digitalização, o processo irá mudar radicalmente. Será implantado o Sistema de Aprovação Digital para gerenciamento e emissão de alvarás de obras e fiscalização; serão unificados os trâmites e análises das demais secretarias envolvidas, como Transportes, Verde e Meio Ambiente e Finanças, entre outras. Tais medidas deverão assegurar ganhos na desburocratização de todo o processo; redução de tempo para liberação de alvarás e demais licenças. “A aprovação de uma residência deverá demandar, de início, 20 dias para ser aprovada e o objetivo é que , com o aprimoramento dos analistas da Prefeitura e dos profissionais responsáveis pelos projetos, este prazo seja reduzido, gradualmente, para apenas cinco dias”, diz o secretário Rodrigues, lembrando que tudo poderá ser feito remotamente e on line pelo cidadão, independente de onde ele estiver fisicamente ou do horário em que decidir protocolar o projeto arquitetônico “Não haverá mais barreiras”, promete o secretário, já prevendo a formação de uma base digital dos imóveis legalizados, além da redução na quantidade de impressões e papel circulante na Prefeitura, com diminuição de custos e beneficiando o meio ambiente; aumento da produtividade, redução do tempo gasto com a procura por processos e com a correção de erros formais; melhor fiscalização e regularização de obras. “Mais transparência para as atividades”, completa. Para o secretário, a mudança de paradigmas irá atrair novos investimentos e estimular o licenciamento de obra, “pois à medida que o processo é mais prático e veloz, teremos um aumento de eficiência da Secretaria e uma melhor resposta aos serviços prestados aos cidadãos e aos empreendedores”, garante Claudio Rodrigues.

Só confusão

O livro Diário de Tremembé – O presídio dos famosos, de autoria do ex-prefeito de Ferraz, Acir Filló, com relatos da vida de criminosos conhecidos e perigosos, na cadeia do Vale do Paraíba continua causando celeumas. Atendendo a solicitação do MP, a juíza Sueli Zeraik, da Vara de Execuções Penais de São José dos Campos, proibiu a venda do livro e determinou a transferência do autor, preso por corrupção no mesmo presídio, alegando não haver condições para sua permanência no local, após a confusão causada pela “celeuma” em torno da obra.

Mais confusão

Ainda não se sabe quando e nem para onde irá Filló, autor da obra que a juíza classificou como “fofocas e mexericos”. Por isso mesmo, é impossível prever se o ex-prefeito terá tempo para se reencontrar com um antigo conhecido, o ex-presidente Lula, que poderá ser levado para Tremembé, segundo as primeiras informações que circularam após a Justiça haver autorizado sua transferência da prisão de Curitiba para São Paulo.

Laços”

O nosso Mauricio de Sousa postou vídeo no Instagram, onde mostra o tio mogiano, Miled Cury Andere, 98 anos, completando a colagem de figurinhas no álbum “Laços”, do filme homônimo, com os personagens da Turma da Mônica, grande sucesso de bilheteria nos cinemas de todo o País.

Votos

Os deputados federais da região, Marco Bertaiolli (PSD), Márcio Alvino (PL), Guilherme Mussi (PP) e Roberto de Lucena (PODE) votaram favoravelmente à reforma da Previdência Social, aprovada em segundo turno, na madrugada de ontem.

Frase

O mundo não será salvo pelos caridosos, mas pelos eficientes.

Roberto Campos (1917-2001), economista, professor, escritor, diplomata e político brasileiro