Serralheiro que teve testa perfurada está em estado gravíssimo

Serralheiro foi socorrido pelo helicóptero Águia da Polícia Militar. (Foto: Eisner Soares)
Serralheiro foi socorrido pelo helicóptero Águia da Polícia Militar. (Foto: Eisner Soares)

NATAN LIRA
Permanece em estado gravíssimo e respirando com a ajuda de aparelhos, na tarde desta quarta-feira (22), o serralheiro Rafael Aparecido dos Santos, de 28 anos, internado no Hospital Luzia de Pinho Melo, no Mogilar. As informações são da Secretaria de Estado da Saúde. O homem teve a testa perfurada por uma madeira na última segunda-feira (20), enquanto operava uma máquina de corte de tronco de árvores na empresa Pallebras, no km 64 da Rodovia Mogi-Salesópolis, no Cocuera.

Os primeiros socorros foram realizados pela equipe do Corpo de Bombeiros do Shangai, que encontrou o funcionário com um pedaço de madeira, de aproximadamente 40 centímetros, fixado na cabeça e já inconsciente. Eles imobilizaram a vítima para o transporte até o hospital via helicóptero Águia da Polícia Militar.

Um funcionário da empresa se apresentou no 1º DP de Mogi das Cruzes como encarregado e contou à Polícia Civil que a máquina rejeitou um pedaço de madeira que atingiu a testa de Santos. A ocorrência foi registrada como lesão corporal culposa (quando não há intenção). A Polícia Civil requisitou a liberação do local para a realização de perícia e também exame de corpo de delito na vítima.

Durante o resgate foi possível perceber diversas voltas do helicóptero da PM sobre a Cidade. Questionada por O Diário se o heliponto do Hospital Luzia apresentou problemas no momento do pouso, a Secretaria de Estado da Segurança Pública informou que a própria Polícia Militar responderia sobre o assunto, mas não houve retorno até o fechamento desta edição.

Procurada, a Pallebras informou que não vai se manifestar sobre o ocorrido.


Deixe seu comentário