ANO LETIVO JÁ INICIOU

Sindicato diz que alunos da Região estão sem transporte escolar por ‘morosidade’ do Estado

Ano letivo teve início no dia 15, mas muitos alunos dependem do transporte para ir à aula. (Foto: Arquivo)
Ano letivo teve início no dia 15, mas muitos alunos dependem do transporte para ir à aula. (Foto: Arquivo)

O Sindicato dos Trabalhadores Instrutores em Autoescolas, Despachantes e Transportes Escolares e Anexos do Estado de São Paulo (Sincontesp) denuncia uma possível morosidade nos contratos do Governo do Estado com os profissionais responsáveis pelo transporte escolar. Segundo a entidade, na Região, Ferraz de Vasconcelos e Suzano estão com o serviço totalmente paralisado, enquanto Mogi das Cruzes e Salesópolis contam com apenas 30% do efetivo funcionando. A rede estadual de ensino retomou as aulas no último dia 15.

De acordo com o advogado do Sincontesp, Jayme Baptista Júnior, a situação se repete em todo o início de ano letivo. Ele atribui isso à falta de preparo da Secretaria de Estado da Educação. “Em Suzano, por exemplo, o processo licitatório teve início no ano passado. Uma das empresas ingressou com recurso. Aí chega perto do início das aulas, eles falam em fazer um contrato emergencial que parece durar tanto quanto um pregão”, pontua.

No meio desta indefinição, estão os milhares de alunos que perdem aulas por conta da distância até a escola – para ter o benefício, eles precisam morar há, pelo menos, dois quilômetros do local onde estudam. “Aqui no Alto Tietê, incluindo Guarulhos, este número chega a 40 mil estudantes afetados. Quando o ano termina, os profissionais entram em férias e logo em janeiro já estão prontos para retomar a atividade. Tanto que se o contrato for assinado hoje, amanhã eles já começam. A situação é mesmo por falta de preparo da Educação”, contou Baptista Júnior.

Em nota, a Diretoria Regional de Ensino de Mogi das Cruzes, responsável também por Salesópolis, informou que o transporte escolar na Região está acontecendo normalmente, e as empresas contratadas prestarão serviço até janeiro de 2019.

Já a Regional de Ensino de Suzano, que atende Ferraz, comunicou que o processo emergencial para a contratação da empresa que fará o transporte dos alunos da rede estadual será publicado hoje no Diário Oficial do Estado de São Paulo e, na próxima semana, o transporte estará restabelecido.