INFORMAÇÃO

Sistema avisa sobre casos de Covid-19

Vereador sugere adoção de sistema que alerta sobre a doença na vizinhança

Um sistema popularmente conhecido como “Alerta Covid-19” poderá ser implantado em Mogi, caso a Prefeitura acolha a sugestão apresentada pelo vereador Diego Martins, o Diegão (MDB). O “Alerta” é capaz de enviar para números de celulares cadastrados antecipadamente, via SMS, notificações de casos confirmados da doença em um raio de 200 metros de distância da residência inscrita. Segundo o vereador, o objetivo é aumentar a conscientização das pessoas acerca da necessidade de preservar o distanciamento social e evitar o contato físico, sempre que possível, além de reforçar os cuidados de higiene e o uso de máscara, que são medidas especialmente importantes em tempos de flexibilização do comércio e de serviços, com maior volume de pessoas nas ruas. O vereador afirma que se inspirou em uma iniciativa semelhante colocada em prática no Estado de Santa Catarina, com uma diferença fundamental: ao contrário de lá, somente receberiam as informações sobre os novos casos de Covid-19 aqueles que desejarem e se inscreverem no programa. Martins, já prevendo possíveis reações, já alerta, antecipadamente, que seu objetivo, ao facilitar essa divulgação dos casos “não é criar pânico, nem monitorar a localização das pessoas, mas de criar uma ferramenta de conscientização para a população, que pode disseminar informação na sua comunidade ao invés do vírus”. Martins também garante que apesar da comunicação dos casos, o sistema preserva os nomes e os endereços das pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Apresentado à Câmara durante a semana passada, a proposta, em forma de projeto de lei, segue para análise das comissões permanentes e, recebendo pareceres favoráveis, deve seguir para ser votado em plenário.

Suspensão

Até que sejam analisados questionamentos e impugnações interpostas por empresas participantes, está suspensa, por tempo indeterminado, a concorrência pública aberta pela Secretaria de Obras para contratação de empresa de engenharia para executar a gestão global do sistema de iluminação pública de Mogi das Cruzes, que inclui diferentes trabalhos. Tais serviços são executados atualmente pela empresa Trajeto, primeira a assumir a responsabilidade pelo setor na cidade.

Alta médica

O ex-vereador e advogado Geraldão Tomaz Augusto é mais um a vencer a Covid-19 na cidade. Ele deixou o Hospital de Campanha neste final de semana, após ser internado no Hospital Municipal, no último dia 23, com sintomas graves da doença. “O vírus é complicado e não é fácil de ser superado”, disse, ao receber alta. Ele considerou “inexplicável” a sua contaminação, já que sempre usou máscaras. Admite, porém, que teve de “ir a supermercado fazer compras das necessidades básicas”. E recomenda: “O meio mais eficaz de evitar a contaminação é por meio do isolamento e distanciamento sociais. Quem puder, fique em casa”, conclui.

Sem isolamento

As recomendações pacientes, como Geraldão, parecem passar muito longe do deputado federal Guilherme Mussi (PP-SP), com domicílio eleitoral em Poá e que se elegeu com forte apoio do Alto Tietê. Reportagem do Fantástico, apresentado pela TV Diário, no domingo, mostrou que ele tem promovido grandes festas, que avançam madrugada adentro, em uma mansão localizada em bairro nobre da Capital, em plena pandemia do coronavírus. Os vizinhos do imóvel estão em pé de guerra com o parlamentar. Mussi já esteve ameaçado de perder o mandato por extrapolar o limite de faltas na Câmara.

Homologado

O Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS) deverá receber R$ 45.329.419,23 para administrar, durante os próximos três anos, a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA-II) Dr. Corasi Alves de Andrade, localizada no bairro do Oropó,em Mogi. O contrato foi homologado pelo secretário municipal Henrique George Naufel, da Saúde.

Frase

É inacreditável que em tão pouco tempo o governo haja substituído dois ministros na pasta da Educação e que o País ainda não saiba quem será o próximo.

Fernando Henrique Cardoso (PSDB), ex-presidente da República, em artigo no jornal O Globo, do Rio


Deixe seu comentário