INFORMAÇÃO

Sob o signo da indefinição, as eleições se aproximam

Melo e Bertaiolli continuam distantes, mas quadro ainda não está completamente claro

Mesmo com a discussão sobre o já quase certo adiamento, as eleições municipais estão se aproximando e persiste ainda, na política local, a indefinição sobre como irão se comportar os dois antigos aliados e atualmente distanciados, Marcus Melo (PSDB) e Marco Bertaiolli (PSD). As divergências políticas entre ambos, que mais se assemelhavam a uma nuvem passageira, já duram muito além do que supunham os aliados de ambas as partes. E podem acabar levando a um rompimento definitivo, impossível de ser contornado. Até agora, mesmo envolvido com a questão do novo coronavírus, o prefeito Melo tem mantido a sua disposição de concorrer à reeleição e trabalhando para isso. Somente neste mês, mesmo com todas as dificuldades impostas pelo isolamento social provocado pela atual pandemia, ele vem inaugurando obras e serviços executados no decorrer do atual governo. Quando indagado sobre eleições, o prefeito procura desconversar, alegando que a prioridade é a ataque à Covid-19 e seus efeitos. Posição não muito diferente daquela assumida pelo deputado federal Bertaiolli, quando indagado sobre o pleito. Nos bastidores, no entanto, o parlamentar tem deixado transparecer a seus aliados um forte ressentimento com seu antigo aliado, que, em sua opinião, não reconhece o fato de ter sido o maior avalista de sua eleição à Prefeitura de Mogi. “Ingratidão” seria a palavra para definir tal sentimento. E Bertaiolli não perdoa Melo por isso. Só que também não decide ir além da retórica e dizer se o seu partido irá lançar candidato. E, mais que isso: quem será esse candidato. Alguém da própria agremiação? Ou o próprio Bertaiolli, que abdicaria da condição de deputado para voltar a disputar o cargo de prefeito? Essa demora já estaria incomodando até seus antigos aliados, como o ex-deputado federal Valdemar Costa Neto (PL), que já teria comentado sobre isso com amigos comuns a ambos. Mesmo diante da possibilidade de adiamento do pleito, a indefinição no quadro situacionista já começa a incomodar a muita gente que espera uma clareza definitiva da situação para começar a tratar mais diretamente de futuras campanhas. Afinal, elas terão de ser pensadas e preparadas sob a égide da Covid-19, um fantasma que, certamente, continuará incomodando a todos até o final deste ano.

Mudanças

O início de uma discussão mais aprofundada entre parlamentares do Congresso, integrantes do Tribunal Superior Eleitoral e técnicos da área da saúde pública indica que a data mais provável para as próximas eleições municipais seria a de 15 de novembro, com segundo turno em 6 de dezembro. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), também defende o aumento do tempo diário de propaganda eleitoral na televisão, para “evitar aglomerações nas campanhas de rua”.

Cinema

O artista plástico mogiano, Mauricio Chaer, irá produzir as 18 estatuetas que serão oferecidas aos vencedores da 4ª edição do Curta Suzano – Mostra do Curta-Metragem do Alto Tietê, que acontecerá entre os dias 17 e 24 de julho, com apresentação pela internet (www.curtasuzano.com.br). Cerca de 400 filmes foram inscritos para a seleção, cujo resultado será divulgado amanhã, às 20 horas, durante live. Todos os curtas poderão ser assistidos e votados (júri popular) no período do festival.

Mercadão

O Mercado Municipal, tradicional ponto de vendas da área central da cidade, passará por mais uma reforma. A licitação foi aberta ontem para adequações no mezanino, onde será implantada uma área de convivência, além da troca de vitrais, ao custo aproximado de R$ 814 mil. A área da feira livre da Vila Nova Aparecida, em César, também receberá cobertura, sanitários e espaço para administração. A obra, a princípio, está orçada em R$ 942 mil

Ainda ele

O Jornal de Angola, um dos principais veículos de comunicação daquele país, indica que o valor de mercado do atacante mogiano Maikon Leite, nova contratação da equipe do Petro de Luanda, é de US$ 650 mil. O jogador de futebol, esperado em Angola no próximo dia 1º de julho, é a grande esperança do time para a disputa do Girabola Zap, o equivalente ao Brasileirão. “Maiko”, como é chamado pelo jornal, é apresentado como um jogador rodado, que já passou por vários clubes brasileiros, sendo esta, a “quarta aventura” dele no exterior, onde já defendeu dois times do México e um da Arábia Saudita.

Frase

Democracia não é o que eu quero, eu e você, o que um Poder quer, o que outro Poder quer. Está chegando a hora de todos, sem exceção, entenderem o que é democracia.

Jair Bolsonaro, presidente da República, ontem cedo, em Brasília


Deixe seu comentário