CARTAS

Soluções para Tietê

Aumentar a calha será um erro, já que a velocidade tende a cair ainda mais. É como uma mangueira cheia d’água que, se apertar o bico, a pressão e a velocidade aumentam. Do contrário, diminui.

O córrego Ipiranga deságua perpendicularmente, o que reduz ainda mais a velocidade do rio Tietê. Enfim, o que se quer dizer é que: quanto maior o volume, menor a velocidade do curso d’água.

O Tietê é um rio espraiado que precisa de espaço para “correr”, já que não tem profundidade nem calha definidas. Seu caimento em 1 Km é de apenas 10 centímetros (segundo o DAEE), ou seja, é quase plano.

Eng. e arq. José João Mossri

Mogi das Cruzes, SP


Deixe seu comentário