CARTAS

Sonho ou ilusão?

Há alguns meses esse jornal anunciava a compra da empresa Fibria pela gigante Suzano. Esse marco, até então, foi muito celebrado. Pensamos em desenvolvimento, crescimento e até mesmo melhorias para a Fibria.

No começo, algumas reestruturações, chefias cortadas, algo normal quando há junção de empresas de grande porte. Mas após alguns meses começamos a ficar preocupados, pois funcionários da antiga Fibria foram sendo desligados. Primeiro um ou outro. Agora, já são muitos.

E nós, que estamos enxergando do lado de fora, sem entender nada, pensamos: o que a Suzano queria ao comprar a Fibria?

O que era o começo de um possível sonho está se tornando um pesadelo para muitas famílias, com pais e mães perdendo seus empregos. A notícia parece não estar sendo tão divulgada como foi a compra.

Claro, mostramos as vitórias, mas as derrotas ninguém quer que saibamos. Será que pode nos esclarecer seus planos, Suzano? É fechar as portas de uma empresa que estava bem e deixar tantas pessoas desempregadas neste nosso País já tão castigado tentando sair dessa crise que estamos há anos?

Maria Aparecida Oliveira

maria.ap_oliveira@yahoo.com


Deixe seu comentário