SP anuncia ex-zagueiro como coordenador

O São Paulo vai apostar em um outro ex-jogador do clube para reestruturar o departamento de futebol. Após anunciar Raí como diretor de futebol, foi a vez de trazer o ex-zagueiro Ricardo Rocha para o cargo de coordenador. A missão dele será de atuar como elo entre jogadores, comissão técnica e diretoria.

Ricardo Rocha defendeu o time entre 1989 e 1991 e atuava como comentarista do canal SporTV. O ex-jogador atendeu a um pedido de Raí para ajudá-lo no trabalho com o elenco a partir do próximo ano.

“Essa conversa foi importantíssima para a minha mudança. É claro que estava cômodo na televisão, mas eu pensava um dia em voltar ao campo, não como treinador, mas pensava em voltar” disse Ricardo Rocha ao canal do São Paulo no YouTube.

O novato afirmou ter como um dos principais objetivos trabalhar com as categorias de base. No entender dele, o São Paulo forma bons jogadores jovens, mas precisa se esforçar para manter esses talentos no clube. Na última temporada, negociou com o futebol europeu nomes como Luiz Araújo, David Neres e Lyanco.

“O São Paulo tem uma base fortíssima, onde se gasta muito e precisa revelar. Tem revelado, mas os jogadores saem. Esses jogadores têm de ficar mais, sabendo que é preciso vender. O São Paulo tem uma boa base. O obstáculo ainda é a venda desses jogadores”, afirmou o novo dirigente.

Ricardo Rocha contou ter se reunido com a diretoria do São Paulo para planejar a próxima temporada e entre os assuntos debatidos abordaram a utilização de jogadores da base na temporada de 2018 O intuito é priorizar as revelações em vez de gastar contratações para repor possíveis perdas no elenco.

“Antes de contratar, eu penso na base. O São Paulo tem carência na lateral direita, mas tem que trabalhar pensando no futuro”, comentou Ricardo Rocha, em referência à posição que perdeu nos últimos dias o argentino Julio Buffarini, que acertou com o Boca Juniors. O coordenador admitiu a possibilidade de o elenco ter novas baixas, como o centroavante argentino Lucas Pratto. O River Plate tem interesse nele.

O próximo ex-jogador do clube a receber cargo na diretoria pode ser o uruguaio Diego Lugano. O defensor, que se despediu da torcida como jogador no final do Campeonato Brasileiro, foi procurado pela diretoria, que ainda aguarda uma resposta dele sobre a proposta.