Plugado

Suellen Sartorato dá dicas de como trabalhar em casa

Em época de isolamento social, por conta da pandemia da Covid-19, a consultora de imagem e estilo e criadora de conteúdo digital Suellen Sartorato não precisou mudar tanto a sua rotina profissional. Há mais de um ano, a mogiana trabalha no sistema home-office, e sabe que não é tarefa fácil manter a disciplina, a concentração e o foco no próprio lar. Isso fez com que ela compartilhasse algumas dicas com os seus milhares de seguidores nas redes sociais. Uma delas é manter a rotina pela manhã, como se fosse sair pra trabalhar. Além disso, anotar as tarefas diárias, incluindo as atividades domésticas, ajuda a dividir o tempo, e começar pelas mais “chatas” facilitam na hora de concluir as demais. Ela ainda completa: “Tire o pijama, nosso cérebro sempre associa as roupas com o momento que vivemos. Não é hora de relaxar! Isso pode prejudicar a produtividade”

Antes da pandemia do novo coronavírus no Brasil, o casal Danielle Felicetti e Hugo Rodrigues uniram forças e se preparavam para dar o ponta pé inicial de uma chocolateria para a Páscoa, que é comemorada hoje. Uma renda extra nesta temporada, já que ela trabalha como designer e ele como consultor gastronômico durante o ano. A quarentena serviu para aumentar a produtividade já que a Dani trabalha home-office e a empresa que o Hugo presta serviço está fechada neste período. Segundo a empreendedora, “as vendas superaram as expectativas, já que as pessoas estão escolhendo receber a encomenda do ovo em casa ao invés de ir ao mercado”

Confeiteira de mão cheia, Glauce Moreira intensificou a produção e venda de vários produtos para a Páscoa, feitos em casa. Conhecida pelos bolos confeitados, quiches e pudins, ela resolveu abrir o leque com lanches rápidos como empadas, brownies, pães de mel e rocamboles. Pra ela, a principal mudança na rotina foi dividir o espaço da casa com o marido durante o dia, pois ele, que é engenheiro civil, precisa de silêncio para trabalhar. Eles tiveram que se organizar nesse quesito. Glauce cuida do seu emocional fazendo orações todos os dias, e sente falta de abraçar as pessoas, em especial as idosas. “Eu espero que todos tenham aprendido um pouco mais a se conhecer e conhecer o próximo. Acho que esse período de quarentena fez muitas pessoas refletirem sobre o essencial da vida”

O Yázigi da Vila Oliveira teve que se adaptar nesta fase de distanciamento social por causa do surto da Covid-19 no Brasil. O professor de Inglês Leandro Nobre teve que se adaptar. A rotina dele começa às sete da manhã, quando prepara todas as aulas online que dará durante o dia. Pra ele, essa experiência tem sido muito desafiadora. Falando da vida pessoal, o “teacher” tem procurado fazer coisas que gosta como ler livros e “maratonar” séries. “Tenho me preocupado com a minha saúde mental, pois morando sozinho, meu contato social tem sido diferente, somente por vídeo chamadas”, desafabou Leandro

Jair Amadeu e Pedro Hiago, pai e filho, são DJs e estão aproveitando esse momento de isolamento social, por conta do novo coronavírus, para aprimorar o conhecimento, ampliar o “networking” (digitalmente) e fazer a manutenção preventiva dos equipamentos. Com vários eventos adiados para este semestre, Pedro promoveu na última quinta-feira a “live” Baile de Garagem, com os melhores hits dos anos 1970, 1980, 1990 e 2000. “Ao assistir o ‘ao vivo’, os seguidores podem contribuir com um valor via depósito bancário”. Apesar do setor do entretenimento estar em baixa nesse período, Pedro contou à coluna que muitos eventos estão sendo marcados ou remarcados para o segundo semestre

Fabricio Guimarães, artista circense e dono de uma escola de circo em Mogi, tem se dedicado a levar conteúdo para os seus seguidores durante a quarentena. Em “lives” e vídeos nas redes sociais, ele ensinou como fabricar malabares com material reciclável. “O meu objetivo é fazer com que crianças e adultos possam brincar em casa e que não percam o vínculo com o circo”, contou para a coluna. Além disso, o mogiano tem indicado livros, shows e espetáculos virtuais, e filmes com a temática circense


Deixe seu comentário