INFORMAÇÃO

Sugestões que podem melhorar a Cidade – I

MISTÉRIO Sem avisar a nenhum de seus correligionários ou autoridades mogianas, o governador Márcio França esteve ontem em Mogi, onde almoçou com o bispo dom Pedro Stringhini e padres da Diocese, entre eles,o padre Robson Gonçalves, vice-presidente nacional da Organização Social Pró-Saúde. O assunto da inesperada visita não foi divulgado. (Foto: Reprodução/Facebook)

Leitor aponta soluções simples para problemas do dia a dia dos mogianos

O leitor Luiz Paulo Barboza Carneiro envia para a coluna uma série de sugestões capazes de produzir bons efeitos, se aplicadas em Mogi das Cruzes. As propostas alcançam diferentes pontos da Cidade e, por serem criativas e viáveis, aqui vão algumas deles, a título de colaboração com o poder público: 1- A chegada a Mogi, pela Rodovia Mogi-Dutra, ficaria muito mais agradável e bonita se fossem ajardinados os terrenos que margeiam as pistas no trecho de descida da Serra, como ocorreu na Ayrton Senna, na chegada a São Paulo. Uma parceria entre a Prefeitura e a associação dos floricultores da Região talvez pudesse viabilizar tal ideia; 2 – Com a aproximação da temporada de chuvas e vendavais, seria recomendável que fosse disponibilizado, na Secretaria do Verde e Meio Ambiente, um telefone que permitisse aos munícipes alertar, de modo rápido e sem burocracia, sobre o risco de queda de árvores ou necessidade de poda de galhos perigosos. Hoje, a comunicação só pode ser feita via Ouvidoria, onde será aberto um processo burocrático para só depois chegar à Secretaria. Tal telefone, além dessa serventia, poderia também receber denúncias sobre crimes ambientais. 3 – Nas ruas de Mogi, um razoável número de motoristas circula à noite com o farol do carro apagado ou apenas com lanterna auxiliar acesa. Mais do que uma infração ao Código de Trânsito, esse hábito prejudica motoristas e pedestres. Seria uma boa iniciativa da Prefeitura promover uma campanha de esclarecimento sobre a necessidade do farol aceso. 4 – As vagas de estacionamento pago reservadas aos deficientes e idosos deveriam estar localizadas perto dos parquímetros, o que nem sempre acontece. Na Rua Coronel Souza Franco, por exemplo, entre a Júlio Prestes e Dom Antonio Cândido de Alvarenga, as vagas para deficientes estão em frente ao número 1.349, enquanto o parquímetro está no meio da quadra, em frente ao 1.266, onde existem vagas mais bem localizadas e que poderiam ser reservadas para deficientes e idosos. Uma revisão da localização dessas vagas merece ser feita.

Apoio
O ex-jogador de beisebol e vice-prefeito licenciado, Juliano Abe (MDB), comemorou a conquista do apoio à sua candidatura a deputado estadual da Little League Brazil Beisebol. A entidade, com sede em Tupã, no interior do Estado, é presidida por Edson Hashizume e Eduardo Edamitsu, respectivamente, vereador e presidente do Rotary daquela Cidade. Juliano promete trabalhar pelo fortalecimento do esporte.

Participação
O presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Mogi, Nelson Bettoi Batalha Neto, enviou documento aos associados solicitando sugestões de ações ou leis que possam ser apresentadas pelos futuros deputados estaduais da Cidade. O prazo para envio vai até a próxima segunda-feira (17), quando serão selecionados os assuntos e montado um documento a ser encaminhado aos candidatos. “A Aeamc não pode estar à margem do processo político e deve, com seus associados, sugerir e reivindicar pontos importantes para a área tecnológica”, diz Batalha em seu comunicado.

Nova direção
Após nove anos de circulação em Suzano e Região, a revista Leve deixa de integrar o Grupo Focoh Comunicação, dirigido por Felix e Amanda Romanos, e passa a ser comandada por Wilson Bego. O anúncio oficial da substituição foi divulgado no mais recente número da publicação.

Campanha
Termina hoje o prazo para que os candidatos e diretórios estaduais e municipais dos partidos políticos apresentem as contas parciais da atual campanha ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. Tal medida refere-se ao registro de movimentações financeiras ou estimáveis em dinheiro realizadas entre o início da campanha até o dia 8 de setembro. Mesmo os candidatos que nada movimentaram terão de prestar contas na forma da legislação em vigor. As contas parciais são prestadas pela internet, por meio do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE).

Cotidiano

MISTÉRIO Sem avisar a nenhum de seus correligionários ou autoridades mogianas, o governador Márcio França esteve ontem em Mogi, onde almoçou com o bispo dom Pedro Stringhini e padres da Diocese, entre eles,o padre Robson Gonçalves, vice-presidente nacional da Organização Social Pró-Saúde. (Foto: Reprodução/Facebook)

Frase
Europeus e americanos são quem são porque punem os seus faltosos. E o Brasil é o que é porque elege e reelege os seus.
Reinaldo Azevedo, escritor e jornalista