CASO

Suspeito é morto no interior de um carro roubado em Itaquaquecetuba, diz polícia

Um homem foi morto com tiro na cabeça às 10h20, deste sábado, ao entrar em luta com um policial de uma equipe, da Força Tática, do 35º BPM/M, em Itaquaquecetuba. No interior de um Honda roubado em Mogi das Cruzes.

O delegado Wadton Andrade Santos realizou os primeiros levantamentos que podem ajudar no esclarecimento dos acontecimentos. Ele também mandou acionar o Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes e a Polícia Científica.

O caso ficou registrado como roubo e morte em decorrência de intervenção policial, até a tarde deste sábado, o criminoso ainda não tinha sido identificado.

Segundo a Polícia, integrantes da Força Tática faziam policiamento ostensivo e preventivo quando avistaram o Honda Fit roubado e o motorista tinha a descrição dada à Polícia Militar pelas vítimas após o assalto.

O bandido avistou a viatura e tentou escapar aumentando a velocidade do automóvel. Há suspeita que o assaltante estava sob efeito de drogas, pois ao ser interceptado pela Força Tática, ele não desceu do Honda.

Um dos soldados entrou no veículo pela porta de trás e o suspeito resistiu à prisão, pegando a arma dele para atirar no policial. Na luta, o pm sacou da pistola automática ponto 40 e efetuou um disparo, atingindo a cabeça do marginal. O assaltante morreu no local.

No interior do Honda, a Força Tática recuperou uma bolsa feminina e o celular também roubados de uma das vítimas. A Corregedoria da Polícia Militar adotou as providências para apurar com detalhes a ocorrência.


Deixe seu comentário