POLÍCIA

Suspeito é preso com mais de 60 quilos de drogas em casa na Ponte Grande, em Mogi

Uma arma e mais de 60 quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Militar em uma casa na Ponte Grande. (Foto: divulgação - Polícia Militar)
Uma arma e mais de 60 quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Militar em uma casa na Ponte Grande. (Foto: divulgação – Polícia Militar)

Um açougueiro de 23 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) por posse ilegal de armas e tráfico de drogas na Ponte Grande, em Mogi das Cruzes, na noite desta quarta-feira (25). A equipe chegou até a casa do suspeito após receber denúncias de que ele estaria ameaçando os vizinhos, na rua Antônio Gonçalves com uma arma. Ao chegar no local e vistoriar a residência, a PM encontrou um revólver calibre 22, além de 60.145 quilos de maconha distribuída em 85 tijolos escondidas no banheiro. A equipe também apreendeu duas balanças de precisão e R$ 3 mil em espécie.

Segundo o boletim de ocorrência, registrado no 1° Distrito Policial do município, os agentes realizavam um patrulhamento na região quando receberam a denúncia.

Em seguida, a equipe se dirigiu ao local e encontrou o açougueiro. Inicialmente o indiciado negou que portava a arma, mas, de acordo com os policiais, após ser questionado diversas vezes o homem admitiu que o objeto estava escondido na casa dele. O suspeito então entregou um revólver calibre 22 com a numeração raspada que estava escondido dentro do armário.

O acusado foi questionado pelos policiais sobre outros materiais ilícitos. O acusado então levou a equipe até o fundo da garagem e retirou de dentro de um armário um pedaço de tijolo de maconha.

Ainda desconfiados, A PM resolveu vistoriar todo o imóvel. A equipe então encontrou uma grande porção de entorpecentes e duas balanças de precisão, além de R$ 3 mil em espécie.

Ao se defender, o suspeito afirmou aos policiais que apenas armazenava as drogas em sua casa e, para isso, ganharia R$ 2 mil. Ele, porém, não soube dizer o nome ou localização do proprietário dos entorpecentes. Ao ser questionado ele afirmou que o dinheiro encontrado na casa era da mãe dele.

A droga apreendida e o suspeito foram levados para a delegacia Central do Município. No local, o açougueiro preferiu ficar em silêncio.


Deixe seu comentário