INFORMAÇÃO

Suzano prepara melhorias para interligar avenida

Prefeito promete retirar lombadas, mudar ponto de vans e sinalização

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), promete uma série de melhorias na avenida Jorge Bei Maluf para facilitar o tráfego de veículos na interligação com a avenida das Orquídeas para tentar reduzir as diferenças estruturais existentes entre as duas vias. Enquanto o trecho mogiano apresenta duas pistas, sinalização eficiente, iluminação, acostamentos e outras melhorias, o trecho de Suzano tem pista única, obstáculos e outros problemas que chegam a comprometer a segurança dos motoristas que por ali transitam. Segundo disse ontem à coluna, uma das primeiras providências a serem tomadas será a retirada das lombadas que ajudam a travar o trânsito e, em lugar de colaborarem para uma maior segurança, acabam se transformando em potenciais problemas para os condutores. Ashiuchi pretende ainda promover um reforço da sinalização para melhor orientar os usuários da avenida que corta um dos setores industriais da cidade. Para completar as medidas mais urgentes, o prefeito promete ainda remover um ponto de vans que fazem transporte de passageiros, localizado nas proximidades de um dos viadutos de acesso à cidade. O movimento das peruas tem contribuído para complicar ainda mais o trânsito naquela extremidade da avenida, provocando muitas reclamações em razão dos congestionamentos que isso acaba causando. Além das medidas de caráter paliativo, a serem executadas pela própria Prefeitura de Suzano, Ashiuchi pretende apresentar ao governador João Doria (PSDB) um projeto para duplicação do trecho da avenida sob jurisdição da Prefeitura que ele dirige. Para isso, espera contar com a força política dos deputados da região e até mesmo do Condemat, entidade por ele comandada e que congrega os prefeitos de 11 municípios do Alto Tietê, a quem a duplicação daquela via desperta grande interesse. Ele também espera ajuda federal para que a obra, a exemplo do que aconteceu no trecho de Mogi, possa ter idêntica qualidade e condições de segurança para os motoristas.

Novo ponto

Teve início, durante a manhã de ontem, a demolição do imóvel localizado na esquina das ruas Duarte de Freitas e Coronel Souza Franco, junto à praça Norival Tavares, que durante os últimos anos abrigou as instalações do setor de radiologia da CROM. Segundo informações extra-oficiais, depois de reformado, o local receberá uma unidade da Swift Mercado de Carnes, de propriedade do grupo empresarial JBS.

Novidade

O município de Santa Branca deverá ser, em breve, o mais novo integrante do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê. Apesar de localizada no Vale do Paraíba – assim como Guararema –, a cidade tem características mais próprias e próximas da região de Mogi das Cruzes. O convite já foi aceito pelo prefeito Celso Simão (PSDB) e o município terá de aguardar apenas os trâmites burocráticos para vir a ser o 12º membro do Condemat.

Esclarecimento

A propósito da informação contida na abertura de ontem desta coluna, o Hospital e Maternidade Mogi-Mater esclarece que quando adquiriu a Maternidade Mãe Pobre, em 2001, realmente chamava-se Mogi-D’or. No entanto, nunca pertenceu à rede D’or. “Tratava-se apenas de uma coincidência de nomes, o que fez com que houvesse, inclusive, a mudança para Mogi-Mater”, informou a direção do hospital, por meio de sua assessoria de comunicação.

No comando

Anotem para conferir mais tarde: a julgar pelos primeiros entendimentos entre prefeitos da região, o jornalista Adriano de Toledo Leite (PL), de Guararema, deverá ser reconduzido ao cargo de presidente do Condemat, ao final do segundo ano de Rodrigo Ashiuchi. Adriano já esteve à frente do consórcio e é um dos poucos que não poderá concorrer à reeleição, por estar completando o segundo mandato no posto de prefeito.

Frase

As pessoas que têm mais cultura têm menos filhos. Eu sou uma exceção à regra, tenho cinco, está certo? Mas como regra é isso.

Jair Bolsonaro (PSD), presidente do Brasil, numa entrevista onde sugeriu que os brasileiros tenham mais cultura e menos filhos