ARTIGO

Tempos modernos

Marco Bertaiolli

Estava em férias em casa quando recebi a nova versão do jornal Diário de Mogi. Menor no tamanho e com um novo layout, tem um jeito mais moderno. Fiquei pensando no tempo em que para lermos um jornal era preciso “abrir” espaço na mesa. Mas é isso: os tempos mudam e precisamos nos atualizar e modernizar, inclusive as estruturas administrativas para acompanharmos a evolução.

Hoje temos tudo o que precisamos na tela de um celular. Fazemos compras, pagamos boletos, agendamos consulta médica, nos informamos sobre tudo o que acontece no mundo inteiro em tempo real. O mundo moderno exige cada vez mais agilidade. Parece que o tempo não perdoa mais quem não está nessa sintonia.

Como deputado federal, estamos trabalhando em várias frentes para modernizar algumas leis e programas que já estão defasados. Por exemplo, a Lei do Jovem Aprendiz é de 2000. Ou seja, está fazendo 20 anos e não atende mais a necessidade do mercado atual. No ano passado, começamos a desenvolver um amplo trabalho para tornar a legislação menos burocrática e numa consonância maior com as expectativas dos empreendedores, mas principalmente dos jovens que precisam ter abertas as portas da qualificação profissional.

E agora, com a volta das atividades do Congresso, o grande foco será a Reforma Administrativa, que todos concordam precisam de uma revisão geral. Não podemos mais conviver com tanta burocracia num sistema arcaico e de alto custo para todos. Enfim, 2020 chegou trazendo novos tempos e parabéns à equipe de O Diário de Mogi pela consonância com a modernidade.

Marco Bertaiolli é deputado federal e vice-presidente da Facesp


Deixe seu comentário