Triatletas mogianos terão “maratona de corridas”

 Pires e Lores, que podem disputar mundial de duatlo / Foto: Divulgação
Pires e Lores, que podem disputar mundial de duatlo / Foto: Divulgação

Triatletas de Mogi das Cruzes iniciam hoje uma maratona de provas. Os chamados “homens de ferro” terão como primeiro desafio a 2ª etapa do Troféu Brasil de Triathlon, que deve reunir cerca de 800 competidores nas dependências da Universidade de São Paulo (USP), na Capital. Após a largada, por volta das 7h30, os praticantes vão encarar a distância olímpica – 1,5 km de natação, 40 km de ciclismo e 10 km de corrida pedestre. Dos mogianos, Paulo Pires, Álvaro Aleagi, Rafael Palmeiras e Henrique Garcia Lores vão alinhar entre os centenas de participantes.

A prova de hoje marca o início de uma maratona de desafios para os mogianos até o final deste mês. No próximo final de semana, eles disputam a terceira etapa do Aquathlon Series, na Praia do Indaía, em Bertioga; o Duathlon do Vale, em São José dos Campos; e o Campeonato Brasileiro de Aquathlon, em Brasília (DF).

Pires e Lores vão correr com animação especial hoje. Eles foram a Porto Alegre (RS) – há 15 dias – e se classificaram para o Campeonato Mundial de Duathlon, na Espanha, no próximo ano. A dupla garantiu as vagas no Campeonato Brasileiro, onde encararam as distâncias de 10 km de corrida, 40 km de ciclismo e outros 5 km de corrida.

Em Porto Alegre, Lores foi vice-campeão brasileiro na categoria 55 a 59 anos ao completar o percurso em 2h13m17seg; Pires obteve o 4° Lugar na categoria 30 a 34 anos, com o tempo de 1h51m12seg. “Foi uma prova de nível altíssimo. Foi uma grande briga por melhores colocações”, assinalou Pires, que compete na equipe Corpo&Alma/Girotto 404/Clínica do Ciclista/FCNM.

Apesar da vaga, Lores diz que sofreu na prova. “Não tive bom desempenho no ciclismo e uma galera acabou me ultrapassando. Mas fui firme e consegui o segundo lugar”, explicou o mogiano, da equipe Náutico/Academia Trainer/Sindicato dos Bancários/Clínica do Cilista e Center Cell.

A disputa de hoje também é importante para Rafael Palmeira. Será a sua última grande prova para o South American Championship Ironman Florianópolis 2016, o seu maior desafio do ano, no próximo dia 29. É a mais tradicional disputa do triatlo no Brasil e que completará sua 16ª edição em Jurerê Internacional.

Serão mais de dois mil competidores de 36 países, brigando por pontos no ranking e a premiação de 75 mi dólares no caso da Elite, e 75 vagas no Mundial Ironman, no dia 8 de outubro, em Kona (Havaí). Em Florianópolis, os competidores terão pela frente 3,8 km de natação, 180,2 km de ciclismo e 42,2 km de corrida, com tempo limite de 17 horas.