INFORMAÇÃO

TV Câmara oferecerá conteúdo didático durante a quarentena

Material servirá para alunos das escolas da rede municipal de ensino

A utilização da TV Câmara para a transmissão de aulas destinadas a alunos da rede municipal de ensino, que se encontram impedidos de irem às escolas em razão do isolamento exigido pela pandemia do novo coronavírus está acertada entre o prefeito Marcus Melo (PSDB) e o presidente do Legislativo, vereador Sadao Sakai (PL). As aulas começarão a ser transmitidas a partir do início do próximo mês, tão logo sejam feitos os ajustes técnicos entre as equipes da Prefeitura e da RTV Filmes, responsável pela produção e transmissão da programação da emissora. Segundo apurou a coluna, restam ser feitos meros ajustes técnicos para permitir que as aulas, que vinham sendo divulgadas exclusivamente via internet, passem a ser mostradas também pela televisão. A proposta de utilizar o sinal da TV Câmara para transmitir as aulas, excepcionalmente, durante o período de pandemia foi inicialmente discutida entre vereadores e a secretária municipal de Educação. Em seguida, o prefeito Melo e o presidente Sakai trataram de regulamentar o processo, sob o ponto de vista da legalidade, por meio de um ofício, em que o primeiro solicitava a cooperação do órgão legislativo para disponibilizar, por meio da TV Câmara, “a exibição do conteúdo didático da Secretaria da Educação, em prol dos alunos da rede municipal de ensino. No documento, o prefeito informa ainda que será uma exibição sem custo para o Legislativo, “cujo ônus será assumido pelo Poder Executivo”. Estabeleceu-se, então, o total de seis horas de aulas semanais, exibidas no período da manhã, com reprise no período da tarde. Seria, portanto, uma hora diária de aulas pela manhã, reprisada no período vespertino. E, com isso, a emissora de televisão oficial do Legislativo estará cumprindo a função de prestar um serviço de real importância à comunidade estudantil da cidade, oferecendo maiores facilidades aos alunos para terem acesso às aulas durante o período de quarentena. A TV Câmara pode ser acessada na tevê aberta pelo canal 60.2-UHF, canal 7 da NET, ou pelo site do Legislativo (cmmc@cmmc.combr).

Número 1

O deputado federal mogiano Marco Bertaiolli (PSD) comemorou, ontem à tarde, a aprovação de seu primeiro projeto de lei complementar na Câmara. Trata-se da proposta que possibilita às micros e pequenas empresas optantes do Simples Nacional, negociarem seus débitos com a Receita Federal, com todos os benefícios e dentro da nova dinâmica da Lei 13.988, que trata do Contribuinte Legal. O projeto foi aprovado por 452 votos a zero.

Swencarol

A jovem escritora mogiana Carolina Swensson, 24 anos, é autora de duas obras, lançadas recentemente, no formato e-book Kindle. Ela escreveu “Reflexões Poéticas com Swencarol”, com a proposta de levar à reflexão sobre assuntos diversos, nem sempre questionados pelas pessoas, e “Poemas Reflexivos com Swencarol”, com poesias sobre amor, amizade, gratidão, reflexões e questionamentos. Carolina, formada em Direito pela Faculdade São Judas Tadeu, de São Paulo, é neta do ex-juiz de Mogi das Cruzes e desembargador aposentado, Walter Cruz Swensson.

Finanças

O secretário municipal de Finanças, Clovis da Silva Hatiw Lú Jr, vai apresentar aos vereadores a atual situação orçamentária de Mogi das Cruzes, durante audiência pública marcada para as 10 horas de hoje, na Câmara. Será a oportunidade para se saber de que forma o atual período de pandemia/quarentena influiu na economia e, por tabela, nas finanças do município.

Eleições

Como organizar partidos, planos de governo e chapas, além de angariar a simpatia de apoiadores em plena quarentena da pandemia? Respostas para estas e outras questões compartilhadas por pré-candidatos, dirigentes partidários, advogados e marqueteiros, entre outros, são respondidas no livro “Eleições – O que mudou?” (Editora Foco, 256 págs., R$ 99,00). O livro elaborado com a participação de seis advogados especialistas em Direito Eleitoral, teve a coordenação de Janine Mendonça Rollo e Arthur Luís Mendonça Rollo. Está à venda online, no site da editora.

Frase

É preciso armar o povo com educação, cultura e ciência.

Ministro Luiz Roberto Barroso, ao assumir o cargo de presidente do Tribunal Superior Eleitoral


Deixe seu comentário