SEGUNDA DIVISÃO

União e Atlético sofrem no estadual

Jogadores do União foram bem marcados pelo São José no jogo do último sábado. (Foto/ Divulgação -AlexMar Comunicação - União FC)
Jogadores do União foram bem marcados pelo São José no jogo do último sábado. (Foto/ Divulgação -AlexMar Comunicação – União FC)

A rodada do final de semana foi terrível para os times da Região do Alto Tietê, que disputam o Campeonato Paulista sub-23 da Segunda Divisão. Os mogianos União e Atlético foram superados no último sábado, bem como o União Suzano (Usac), na noite da última sexta-feira (veja quadro nesta página). Pior para o alvirrubro e o Time Azul, que seguem ocupando as duas últimas colocações do grupo 5 do estadual, com apenas um ponto. Já o representante suzanense, mesmo com o revés, segue na liderança da chave 6. E os três clubes entrarão em ação neste feriado de amanhã. No estádio Francisco Ribeiro Nogueira, o Nogueirão, unionistas e atleticanos fazem o clássico regional, às 10 hortas na Vila Industrial. Já Leão do Colorado terá pela frente, no mesmo horário, o Barcelona, no estádio Conde Rodolfo Crespi, lá na Capital.

O União perdeu a segunda partida consecutiva fora de casa. Após o revés diante do Amparo, por 3 a 2 (de virada), o time do técnico Gelson Fogazzi perdeu do São José, por 2 a 1, no estádio municipal Martins Pereira, no Vale do Paraíba

Em mais uma rodada, agora a quinta do primeiro turno da primeira fase, o União precisa vencer de qualquer forma o clássico para ainda ter condições de brigar por uma das quatro vagas do grupo à segunda fase.

Para este jogo, Fogazzi espera um time com maior poder ofensivo. “Fizemos um grande jogo em São José. Melhoramos bastante no segundo tempo, alguns jogadores entrarem bem. Poderíamos até ter saído com a vitória porque criamos inúmeras chances, mas não fomos efetivos. Infelizmente tomamos o gol no final do jogo. Agora é erguer a cabeça, temos um clássico pela frente, e temos que vencer esta partida de qualquer jeito”, explicou Fogazzi.

Na mesma situação está o Atlético, do técnico Edinho Poá. Na tarde do último sábado, os mogianos perderam do Paulista, por 4 a 1, no estádio Nogueirão. “Levamos três gols no primeiro tempo. No segundo trocamos jogadores e o time teve uma postura mais ofensiva. Descontamos o placar, criamos jogadas, perdemos gols e fomos punidos com o quarto deles no final. Precisamos somar pontos e reforçar para o segundo turno para voltar a pensar em classificação”, resumiu o treinador do Atlético.

E mesmo com a derrota diante do Mauá, por 2 a 1, no estádio municipal Francisco Marques Figueira, o Suzanão, no Colorado, o Usac conseguiu se manter na liderança do grupo 6 do Paulista. Mas agora o time não está sozinho, isolado, e já tem ao seu lado o Flamengo (Guarulhos).

O revés em casa foi a surpresa, já que o time suzanense voltava a jogar diante dos seus torcedores no embalo de três vitórias consecutivas. O técnico Luiz Cavalheiro lamentou os erros. O Mauá usou uma proposta de jogo que deu certo e em dois lances, dois gols. Jogamos muito bem no segundo tempo, criamos várias oportunidades mas a bola não entrou. São coisas do futebol”, assinalou o técnico.

Gerson Lourenço

Gerson Lourenço

Deixe seu comentário