FUTEBOL

União precisa pontuar em São José

Coré tenta se livrar de rivais em treino: jogador marcou um e perdeu dois gols. (Foto: divulgação - AlexMar Comunicação)
Coré tenta se livrar de rivais em treino: jogador marcou um e perdeu dois gols. (Foto: divulgação – AlexMar Comunicação)

O sinal amarelo já acendeu na comissão técnica do União após duas partidas no Campeonato Paulista sub-23 da Segunda Divisão. Com um empate e uma derrota, o alvirrubro necessita, urgente, de uma vitória no grupo 5 do estadual. Tudo para evitar que os rivais abram uma diferença de pontos que dificulte a campanha do time mogiano na primeira fase da competição. Com apenas um ponto conquistado, no empate em casa diante do Joseense na estreia, e com o revés do último final de semana em Amparo, a equipe do técnico Gelson Fogazzi terá um enorme problema na sua terceira partida. Os unionistas jogarão neste sábado diante do São José, às 19 horas, no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos – no Vale do Paraíba.

Para Fogazzi, o jogo diante do São José é de extrema importância para o União Mogi. “Estamos trabalhando para consertar os erros que tivemos diante do Amparo para que não se repitam diante do São José, que é uma boa equipe, tem tradição e vai jogar em casa”, frisou o treinador do alvirrubro.

E Fogazzi sabe que a vitória é fundamental para as pretensões do União na competição (veja tabela de classificação nersta página). “Temos de vencer para não nos distanciarmos muito dos primeiros colocados. Para isso, temos que estar concentrados e bem preparados”, explicou o treinador.

Na estreia, o alvirrubro, como a maioria dos times, não conseguiu inscrever os jogadores titulares para o duelo com o Joseense. O alvirrubro entrou no campo com 13 jogadores do elenco profissional e cinco da categoria sub-20.

Frente ao Amparo, no último final de semana, o União saiu perdendo, virou o duelo para 2 a 1, mas acabou levando a virada, por 3 a 2. Segundo o técnico, os jogadores perderam chances de definir a partida. E a mesma opinião tem o atacante Mateus Coré

Coré marcou um gol diante do Amparo, mas desperdiçou outras oportunidades. “Foram duas chances que criamos nos primeiros minutos do segundo tempo e estava bastante confiante por já ter feito um gol, mas não tive sorte nas finalizações. Em uma delas eu até dou mais mérito para o goleiro que foi muito bem e a outra a bola chegou a pegar na trave”, assinalou o jogador.

O zagueiro Carlão foi o autor do primeiro gol do União no campeonato. Ele lamentou o revés em Amapro e espera uma reação diante do São José. “Apesar da derrota, fizemos um grande jogo contra Amparo. Poderíamos sair com a vitória, mas não deu. Agora é pensar no São José para seguir na briga pelos primeiros lugares na competição”, afirmou o zagueiro.

Gerson Lourenço

Gerson Lourenço

Deixe seu comentário